Início > Artigo > 90 navios de cruzeiro vão ancorar em Salvador



BRASIL

90 navios de cruzeiro vão ancorar em Salvador


Salvador entra na temporada de cruzeiros que se estende até Abril de 2014. Neste período 90 navios deverão atracar no Porto de Salvador. O maior número de visitantes será para o Carnaval quando o porto receberá seis navios. Segundo informações da Codeba, o fluxo diminuiu este ano em 25%. No ano passado estiveram na costa baiana 120 embarcações. Este ano a previsão é de apenas 90.

Pelo o menos 668 mil passageiros devem navegar pela costa brasileira. A previsão é da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar). Eles terão 242 opções de roteiros em 12 transatlânticos. O último navio da temporada 2013-2014 será o Splendour of the seas, que deixará a capital baiana às 17h do dia 28 de abril. O maior navio em capacidade de passageiros é o MSC Preziosa, que conduz, por viagem, 4.363 pessoas. Entre os navios que devem passar pelos portos brasileiros nos próximos meses estão Costa Fascinosa; o Costa Favolosa; o MSC Orchestra; o MSC Magnifica; o Grand Celebration; o Grand Mistral; o Splendour of the seas; o Pullmantur Sovereign; o Pullmantur Zenith; o Pullmantur Empress e o Louis Aura. Fernando de Noronha voltará a receber cruzeiros marítimos com o Louis Aura, que tem capacidade para 700 pessoas. Estão previstas 21 escalas no arquipélago, com navios partindo de Recife, Natal, Fortaleza e João Pessoa. Os roteiros terão duração de duas a seis noites.

Impacto Econômico

O Brasil ocupa atualmente a sétima colocação no ranking mundial de transporte de passageiros em cruzeiros. A melhor temporada para o setor foi 2010/2011, quando este mercado teve um impacto de R$1,4bilhão na economia brasileira. Em relação aos anos anteriores, o setor teve ligeira queda – antes ocupava a quinta posição no ranking mundial. Para tentar reverter o quadro, o Ministério do Turismo busca melhorias na infraestrutura náutica, interagido com diversos órgãos governamentais, a fim de atrair não só mais turistas como mais embarcações.

Segundo Vinicius Lumertz, secretario nacional de políticas de Turismo do Ministério Turismo, o MTur recebeu as reivindicações da Abremar e encaminhamos ofício a diversos órgãos, como a Marinha do Brasil, a agência Nacional de Transporte aquaviários, o Ministério do trabalho e o Ministério da fazenda, que são os órgãos responsáveis pelos custos de taxa portuárias, impostos e relações de trabalho dos tripulantes das embarcações, para ver que é possível ser feito, adiantou o secretário.


 



Data: 2013-11-05

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família