Início > Artigo > Porto de Leixões apresenta-se como parceiro de negócios em Luanda



Porto de Leixões apresenta-se como parceiro de negócios em Luanda


Esta quinta-feira, 18 de Julho, o porto de Leixões organizou em Luanda, um evento de apresentação da infra-estrutura portuária e respectivas valências que contou com a presença de um número alargado de empresários angolanos e portugueses, enchendo por completo o auditório.

Para além das intervenções do Presidente da Comunidade Portuária de Leixões, Jaime Vieira dos Santos; do Administrador da APDL – Administração dos Portos do Douro e Leixões, Amadeu Rocha; do Administrador do TCL – Terminal de Contentores de Leixões, Urbano Gomes; do Administrador do TCGL – Terminal de Carga Geral e Granéis de Leixões, Adolfo Paião; o evento encerrou com a intervenção do Presidente do Porto de Luanda, Francisco Venâncio, que destacou o excelente relacionamento entre os portos de Luanda e Leixões.

Leixões é o principal porto português exportador para Angola e em 2012 foram transportadas mais de 1 milhão de toneladas de mercadorias entre Leixões e os portos angolanos, com particular destaque para o ferro e aço, máquinas e aparelhos, azulejos e mosaicos, papel e cartão, produtos alimentares e bebidas, entre outras.

Esta iniciativa enquadra-se na visita comercial que uma delegação, constituída pela APDL – Administração dos Portos do Douro e Leixões, os concessionários de movimentação de cargas, TCL – Terminal de Contentores de Leixões e TCGL – Terminal de Carga Geral e Granéis de Leixões e a Comunidade Portuária de Leixões, efectua a Luanda de 15 a 19 de Julho.

No âmbito do programa desta visita, ontem, dia 17 de Julho, a delegação visitou o porto de Luanda, onde teve a oportunidade de testemunhar a evolução e crescimento desta importante infra-estrutura portuária, que em 2012 movimentou pela primeira vez mais de 10 milhões de toneladas, incluindo cerca de 650 mil TEUs.

O Porto de Leixões participa ainda, pela primeira vez, na FILDA – Feira Internacional de Angola, integrando o pavilhão de Portugal.

Leixões é um porto exportador por excelência, que serve praticamente todo o tipo de navios e de cargas, fazendo do transporte marítimo um meio privilegiado para a realização de trocas comerciais com 180 países.

Na confluência de importantes rotas nacionais e internacionais, Leixões é um dos portos mais competitivos na sua área de influência, por onde passam anualmente cerca de 3 mil navios e 25% do Comércio Externo Português por via marítima. Movimentou em 2012 mais de 16,6 milhões de toneladas de mercadorias, incluindo 630 mil TEUS (420 mil contentores) e todo o tipo de mercadorias, entre as quais se destacam os produtos petrolíferos, cereais, papel e cartão, sucata, ferro e aço, granitos, têxteis, açucares, bebidas, cimentos, cortiça e equipamentos para a energia eólica.
 


 



Data: 2013-07-19

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)