Início > Artigo > Superintendente recebe prémio Personalidade Fórum Nacional da Soja



PORTO DO RIO GRANDE

Superintendente recebe prémio Personalidade Fórum Nacional da Soja


O Superintendente do Porto do Rio Grande, Dirceu Lopes, recebeu o prémio Personalidade Fórum Nacional da Soja. A entrega ocorreu durante a 24ª edição do fórum, que integra a programação da Expodireto Cotrijal, realizada em Não-me-Toque/RS.

Em um auditório lotado, compuseram a Mesa de Honra o Prefeito de Não-me-Toque, Antônio Vicente Piva, o Presidente da Expodireto Cotrijal, Nei César Mânica, o Presidente da CCGL/Termasa-Tergrasa, Caio Cézar Vianna e o Presidente da FecoAgro, Rui Polidoro Pinto.

Em sua primeira edição, o prêmio busca destacar aqueles que realizaram relevantes serviços para o bom desempenho do segmento soja. A Fecoagro/RS, Cotrijal e a CCGL ressaltaram as ações de Lopes à frente da Superintendência do Porto do Rio Grande que garantiram a operacionalidade e eficiência do escoamento dos graneis agrícolas através do porto gaúcho.

Em sua fala de agradecimento, Lopes destacou que este é um prêmio coletivo. “Recebo este prêmio em nome dos trabalhadores portuários, das cooperativas, dos empreendedores da soja que é escoada pelo Porto do Rio Grande. Em especial, quero ressaltar o esforço que o governo brasileiro e o governo gaúcho estão fazendo para que o porto disponha de infraestrutura adequada e calado com profundidade necessária para atrair grandes navios proporcionando um ganho em escala”, afirmou.

Além disso, o Superintendente do porto salientou a intenção de realizar investimentos para que o porto desenvolva um processo de acostagem condizente para os grandes navios que transportam os grãos, como a soja. “Não tenham dúvida de que este processo está sendo feito com muito esmero para que o Porto não seja um entrave na cadeia logística, situação que perdurou por muito tempo. Para que vocês possam produzir com tranquilidade porque lá no porto a sua soja terá o rendimento que vocês esperam”, disse ele.

Lopes ainda agradeceu aos organizadores do evento o entendimento de que o porto faz parte da cadeia produtiva do agronegócio. “Isso é importante no processo de crescimento e desenvolvimento da economia do estado do Rio Grande do Sul. É fundamental esta visão de que é preciso nós planejarmos todo o processo e o porto dispor da infraestrutura necessária para a sua funcionalidade e para a valorização dos produtos agrícolas e da cultura gaúcha e brasileira”, enfatizou.

Hoje a soja escoada pelo Porto do Rio Grande recebe prêmios a preço de Chicago superiores aos praticados em outros portos brasileiros, contrariando a série histórica onde o valor do prêmio era inferior. Isso significa que cada produtor recebe em torno de R$ 1,50 por saca a mais no preço final devido às facilidades de escoamento, confiabilidade e agilidade no Porto do Rio Grande. A exportação de grãos do RS representa atualmente 35% de toda a movimentação realizado pelo porto gaúcho.


 



Data: 2013-03-11

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família