Início > Artigo > Exportações portuguesas para o Brasil atingem recorde de US$ 999 milhões



Exportações portuguesas para o Brasil atingem recorde de US$ 999 milhões


As exportações portuguesas para o Brasil não atingiram em 2012 a marca de US$ 1 bilhão, mas estiveram muito perto. De janeiro a dezembro o Brasil importou a partir de Portugal um total de US$ 999 milhões, mais 19,5% do que no ano anterior, segundo os últimos números do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Em dezembro as exportações lusas para o mercado brasileiro voltaram a passar a marca dos US$ 100 milhões, cifrando-se, no último mês do ano, em US$ 101,2 milhões, ligeiramente abaixo dos US$ 103 milhões de dezembro de 2011, mas 10% acima do registro de novembro.

O somatório de US$ 999 milhões das exportações portuguesas para o Brasil em 2012 bate os US$ 835 milhões de 2011, que também já tinham sido uma marca histórica nas vendas lusas para o mercado brasileiro.

Nos últimos anos as exportações portuguesas têm tido uma trajectória de crescimento (apenas interrompida com uma quebra no ano 2009). Na última década Portugal multiplicou por seis as suas vendas para o Brasil. De acordo com os dados do MDIC, em 2002 as exportações lusas eram de apenas US$ 169 milhões.

Porém, o crescimento alcançado em 2012 não evitou a repetição de um défice comercial para Portugal, deixando o Brasil com um superávit de US$ 625 milhões, já que as vendas brasileiras para Portugal foram de US$ 1,62 bilhões.

Mas embora ainda negativa, a relação comercial de Portugal com o Brasil atingiu em 2012 o menor desequilíbrio dos últimos 15 anos. No ano passado o índice de cobertura das exportações brasileiras sobre as exportações portuguesas foi de 1,63, abaixo dos 2,46 de 2011. É preciso recuar ao ano 1996 para encontrar um índice mais baixo (nesse ano a cobertura foi de 1,48, ou seja, as exportações brasileiras foram 48% superiores às importações de produtos portugueses).

No conjunto do ano 2012, como mostram os dados do MDIC, o produto português mais exportado para o Brasil foi o azeite (cerca de 19% do total), seguido do bacalhau (7,7%), combustíveis (7,2%), pêras e vinhos (ambos com mais de 3%).

fonte


VEJA A TERCEIRA GALERIA DE FOTOS DO VI CONGRESSO DA APLOP



Data: 2013-02-05

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012