Início > Artigo > Cabo Verde quer afirmar-se como potência marítima



Cabo Verde quer afirmar-se como potência marítima


Cabo Verde tem todas as condições para se afirmar como uma potência marítima, apoiada numa "economia azul" que potencialize todas as riquezas das águas territoriais, afirmou o primeiro-ministro cabo-verdiano.

José Maria Neves, que discursava na sessão de abertura do Fórum sobre Ambiente e Desenvolvimento Sustentável,a decorrer na Cidade da Praia, salientou que, em Cabo Verde, o mar é um "centro estratégico" e constitui um "factor de coesão nacional". O governante concretizou que "Cabo Verde tem todas as condições para se afirmar como uma potência marítima, estribada numa economia azul que potencialize todas as riquezas que estas ilhas azuis e estes mares profundos nos proporcionam", disse, acrescentando que "o oceano é um recurso estratégico e propulsor do desenvolvimento da economia",.

Segundo José Maria Neves, na área do ambiente o Governo pretende trabalhar em diálogo e procurar, "na diversidade de ideias e de alternativas de ação", os consensos sobre os destinos do arquipélago, que tem em curso um estudo para a extensão da plataforma marítima para além das 200 milhas náuticas. Para o primeiro-ministro de Cabo Verde, país que vai liderar a delegação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), entre 20 e 22 deste mês no Rio de Janeiro, este domínio diz respeito a todos, "sem fronteiras, e transversal às aspirações de uma vida melhor".

Na mesma sessão, alusiva também ao Dia Mundial do Ambiente, e a pouco menos de um mês das eleições autárquicas de 1 de julho, José Maria Neves anunciou que o governo vai aplicar o Programa de Florestas Urbanas, com o objetivo de arborizar todas as cidades do país. "É uma das políticas inovadoras que as cidades exigem. Não o faremos numa ótica puramente urbanística e paisagística, mas numa perspetiva da qualidade do ar e da economia verde", afirmou, salientando que já existem parcerias internas e externas para desencadear o processo.

No final do seminário será apresentado o tema "Cabo Verde no Contexto do Desenvolvimento Sustentável - relatório a submeter à cimeira Rio+20".

fonte




Data: 2012-06-08

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012
em rotinas.php:
UPDATE banners SET JaVisto = JaVisto + 1 WHERE nID =