Início > Artigo > Capital do Mergulho em Naufrágios



RECIFE, BRASIL

Capital do Mergulho em Naufrágios


Para quem gosta de naufrágios, vida marinha , águas quentes e com muita visibilidade, o litoral de Pernambuco é ideal para uma visita.

Considerada por muitos como a "Capital do Mergulho em Naufrágios", a cidade de Recife é o portão de entrada para muitos mergulhos de qualidade internacional.

De Recife, podemos aceder a outros despojos de naufrágios como o Itapagé em Maceió , Rebocador Marte e Gonçalo Coelho em Serrambi, e o Vapor Bahia que fica ao norte do estado e é o alvo de nossa reportagem.

A partir de Ponta de Pedras, que fica a cerca de uma hora de carro de Recife, embarcamos à bordo de barcos de pescadores com destino ao local do naufrágio ocorrido em 1887. O Vapor Bahia chocou-se com outro navio, o Pirapama, que após conseguir retornar ao porto de Recife, foi desequipado e afundado dois anos depois (1889), tornando-se um belíssimo ponto de mergulhos diurnos e noturnos, sendo moradia de grandes raias e tartarugas.

O Vapor Bahia afundou poucos minutos depois do choque deixando sua tripulação e passageiros em total desespero. Grande parte das pessoas à bordo faleceu no acidente, incluindo seu capitão e vários oficiais.

MAIS DETALHES




Data: 2012-06-02

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)