Início > Artigo > Projecto Escola no Porto deve atender dez mil visitantes em 2012



PORTO DO RIO GRANDE, BRASIL

Projecto Escola no Porto deve atender dez mil visitantes em 2012


O Projecto Escola no Porto, que possibilita a visita ao ambiente portuário, pretende atender este ano cerca de dez mil visitantes. Em 2011, o Porto do Rio Grande recebeu mais de 7 mil pessoas entre estudantes, universitários, técnicos e turistas.

O porto desperta o interesse de gaúchos de diversas cidades do Rio Grande do Sul e de grupos de outros locais do Brasil.   

Em 2011, o número total de alunos visitantes no porto foi de 6.650 e o total de adultos foi 954. Em relação ao número de escolas, o total de visitas foi de 4.883. Já as visitas de grupos somaram 2.721 acessos. Os meses de maior procura no agendamento de visitas foram março (809 visitas), outubro (1.190), novembro (1.148) e dezembro (858).  

Além de escolas, o porto recebe grupos técnicos, universidades, grupos da terceira idade, cursos profissionalizantes e grupos de turismo. Entre as instituições atendidas estiveram Senai, Senac, Federasul, IFRS e Sesi. Já entre as universidades que enviaram grupos a Rio Grande estão Universidade de Passo Fundo, ULBRA, Unilasalle, Unisinos, Uergs, Urcamp, Universidade Federal do Pampa, Unisc, Univates, UCS, etc. As universidades da região como FURG,  Anhanguera e Universidade Católica de Pelotas também realizaram visitas. 

Entre os locais de origem dos grupos no estado estão Feliz, Camaquã, Passo Fundo, Campo Bom, Horizontina, Canoas, Santa Maria, Lajeado, Santa Cruz do Sul, Restinga Seca, Nova Petrópolis, Carlos Barbosa, Esteio, Erechim, Cruz Alta, São Leopoldo, Bento Gonçalves, Ivoti, Novo Hamburgo,São Borja, etc. Além disso, o porto recebe visitantes de outras partes do país, como Florianópolis e São Paulo. 

Para o Superintendente do Porto, Dirceu Lopes, as perspectivas para o projeto são boas. “Temos um projeto para modernizar o atendimento às escolas no Porto do Rio Grande. O nosso objetivo é tornar a visita mais atrativa e com recursos tecnológicos que possibilitem uma maior compreensão do funcionamento do complexo portuário. Além disso, temos públicos diferenciados com demandas específicas e que, portanto, devem ter uma recepção direcionada”, avaliou Lopes. 

Funcionamento do projeto
O agendamento das visitas é feito pelo email projetoescola@portoriogrande.com.br ou pelo telefone (53) 3231-1366. As turmas serão constituídas de, no máximo, 40 pessoas. Além desse número deverão ser agendados dois horários distintos. O tempo previsto da atividade fica entre 1h e 1h30min. O deslocamento das turmas até o Porto Novo estará sob responsabilidade de cada escola. O trajeto interno do porto deve ser realizado com ônibus. 

O Projeto Escola no Porto conta com personagens que facilitam o entendimento das crianças sobre os temas abordados durante a visita ao ambiente portuário. São eles: Capitãozinho, Léo (leão-marinho), Beto (boto), Gabi (gaivota) e Soró (siri-azul). Em breve, deverá ser lançada a nova edição da revista do projeto com esta turminha.




Data: 2012-05-22

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)