Início > Artigo > Portos-bestas



Portos-bestas


Há uma tradição de descrições de máquinas como seres monstruosos (podemos pensar nas engrenagens que engolem Carlitos em “Tempos modernos”). Os portos, com seus guindastes, armazéns, esteiras, cargueiros, contêineres, oferecem matéria-prima para os artistas que procuram um espaço propício inventar suas bestas mecânicas.

CONTINUE A LER ESTE ARTIGO AQUI

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




Data: 2012-04-16

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família