Início > Artigo > As Nações e o uso interdependente da Água



ÁGUAS TRANSFRONTEIRIÇAS E TRANSNACIONAIS:

As Nações e o uso interdependente da Água


A água doce superficial e subterrânea é compartilhada entre países vizinhos e circunvizinhos, o que impõe a necessária cooperação na gestão dos recursos hídricos interdependentes. A conversão em activo económico acaba por sujeitar nações vizinhas a disputas pela água doce. A água doce presente nas calotas polares e a água do mar passam a ser consideradas como fontes alternativas, apesar das limitações de utilização enquanto reservas hídricas supranacionais. Diante desse contexto de potencial conflito e da necessidade de conservação do meio ambiente são formulados diversos princípios, teorias e instrumentos internacionais aplicados à questão hídrica.

LEIA O ARTIGO DE ANA RUBIA MOUSQUER.
 




Data: 2012-03-31

Artigos relacionados:

  • O mundo com sede
  • Conheça o aquífero Guarani
  • Governo rejeitou projecto de utilização de barcaças no Zambeze
  • Navegação nos rios Chire e Zambeze alvo de estudos
  • Malawi insiste na viabilidade do porto de Nsanje
  • O porto que causou uma crise diplomática
  • Marinheiros de água doce

  •  Vídeo

    Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

     VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

     IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

     IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

     Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

     VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

     VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

     VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

     Mindelo e São Vicente com muita morabeza

     Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

     Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

     VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

     VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Francisca Chambal

     VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Robledo Gioia

     VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Sandra Augusto

     VI CONGRESSO DA APLOP - Abertura do Painel I - Lídia Sequeira

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Adriano Rosamonte

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Augusto Fernando Cabi

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Madalena Neves

     VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Fernando Nunes da Silva

     Congresso Intercalar Portos CPLP - Rio de Janeiro – Domingos Fortes (1)

     “EXPERIÊNCIA DO PORTO DE LEIXÕES NA FORMAÇÃO PORTUÁRIA”- Matos Fernandes (1)

     IV Encontro de Portos da CPLP – Menção Honrosa a Lima Torres

     IV Encontro de Portos da CPLP - Sessão de encerramento - Franklim Spencer

     “GEOPOLÍTICA DO MAR” - Carlos Manuel Mendes Dias (1)

     Novo Porto do Dande - Domingos Fortes (1)

     IV Encontro de Portos da CPLP - Franklin Spencer

     «Há muito potencial de crescimento nas relações comerciais Portugal/Brasil» (1)

     Porto de Luanda - 1955

     III Encontro de Portos da CPLP - Adalmir José de Sousa

     III Encontro de Portos da CPLP – Apresentação da Mesa de Honra

     III Encontro de Portos da CPLP - Estudo de mercado - (13) – Debate

     Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

    Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)