Início > Artigo > Anna Bella Geiger e o mar



Anna Bella Geiger e o mar


Anna Bella Geiger é uma artista-chave na produção contemporânea brasileira. Sua obra se faz presente desde a afirmação da arte abstrata no país, assumindo nas décadas seguintes papel protagonista na nova figuração dos anos 1960, nas investidas experimentais questionadoras do conceito de arte da década de 1970 (nas quais a crítica política ao regime vigente ganha ênfase) e nas pesquisas dedicadas à pintura nos anos 1980, focos de seu trabalho na Coleção João Sattamini / MAC Niterói.

Uma particularidade de sua carreira foi a de, mesmo atenta aos principais movimentos de arte de seu tempo, desenvolver uma linguagem que não se enquadrava nem na disputa abstração informal x geométrica, nem nas definições de “pop” ou “conceitual” ou de “retorno à pintura” que, via de regra, descreveram a passagem entre a arte moderna e a contemporânea.

Há o cruzamento de linguagens artísticas, quando, por exemplo, o desenho começa a literalmente saltar do papel, criando um espaço e um volume tridimensionais, ou quando ela imprime uma imagem apropriada sobre uma tela, sobrepondo assim os campos da gravura e da pintura. Em outros trabalhos, a artista provocativamente se vale da semelhança com antigas cartilhas para falar da doutrinação como uma forma de alienação. E, por fim, em suas pinturas, vem à superfície uma memória da história da arte pensada como um desdobramento da discussão acerca da sua condição pós-moderna, isto é, de quando sua natureza é revista após todas as declarações de “morte da arte” que marcaram o século XX.

fonte




Data: 2012-03-31

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família