Início > Artigo > País precisa gerar riqueza para atrair super portacontentores



BRASIL

País precisa gerar riqueza para atrair super portacontentores


Uma das tendências mundiais são os navios de maior tonelagem, o que representa, de uma maneira geral, redução dos custos e ganhos em escala; mas o Brasil está preparado para isso? De acordo com o director-presidente da ABTP (Associação Brasileira dos Terminais Portuários), Wilen Manteli, o País caminha para isso; porém, antes de receber essas embarcações maiores, é preciso ampliar a carga movimentada e gerar riqueza.

“Precisamos olhar para o futuro. Estamos nos preparando, mas temos problemas de infraestrutura física, muita burocracia, muitos órgãos fiscalizando e estabelecendo normas para o setor. Antes de mais nada, precisamos ultrapassar essas barreiras para atrair navios desta amplitude”, afirma.

Segundo Manteli, além da infraestrutura, o País sofre com a burocracia excessiva, falta de oferta de serviço portuário, terminais arrendados que não tiveram seus contratos adaptados a lei dos portos e dificuldade com os acessos terrestres e aquaviários. “Temos que escoar a produção por meio de acessos eficazes, como, por exemplo, aumentar a oferta de áreas ociosas por meio de licitações para viabilizar esses acessos terrestres”, conclui.

fonte




Data: 2012-02-12

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)