Início > Artigo > São Tomé e Príncipe defende redução das despesas de funcionamento da Autoridade Conjunta



ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS NA FRONTEIRA MARÍTIMA COM A NIGÉRIA

São Tomé e Príncipe defende redução das despesas de funcionamento da Autoridade Conjunta


A proposta são-tomense foi apresentada à parte nigeriana na reunião do conselho ministerial conjunto realizada em Abuja. O orçamento da Autoridade Conjunta está avaliado em 12 milhões de dólares. Por causa da crise financeira internacional, São Tomé e Príncipe considera que é preciso fazer cortes.
O orçamento da Autoridade Conjunta órgão criado pela Nigéria e São Tomé e Príncipe para administrar os recursos na fronteira marítima comum, deverá ser reduzido. A proposta apresentada por São Tomé e Príncipe, deverá ser aprovada em Março próximo na reunião extraordinária do Conselho Ministerial Conjunto.

O Ministro dos Negócios Estrangeiros, Salvador Ramos que chefiou a delegação ministerial são-tomense, realçou a necessidade de se conjunto, marcada para Março de 2012, será aprovado o novo orçamento da Autoridade Conjunta.

Salvador Ramos considerou que dos 4 blocos da zona conjunta adjudicados em concurso público, o bloco 1, sob intervenção da companhia francesa Total, dá melhores garantias de exploração de petróleo a curto prazo, enquanto outros 3, estão ainda em fase de estudo.

fonte




Data: 2012-01-10

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)