Início > Artigo > Cabo Verde, o país estratégico



COOPERAÇÃO ENTRE A «CABO VERDE INVESTIMENTOS» E A «SOCIEDADE DE DESENVOLVIMENTO DA MADEIRA»

Cabo Verde, o país estratégico


A Cabo Verde Investimentos e a Sociedade de Desenvolvimento da Madeira assinaram, no Mindelo, um Acordo de Cooperação visando a implementação do Centro Internacional de Negócios em Cabo Verde.
A formalidade contou com a presença do presidente da Cabo Verde Investimentos, José Duarte e do Presidente do Conselho de Administração da Sociedade de Desenvolvimento da Madeira, Francisco de Oliveira Costa.

"Um importante passo que inaugura a cooperação entre as duas instituições, mas também entre os dois arquipélagos", frisou José Duarte, Presidente da Cabo Verde Investimentos (CI) a entidade que promove e aprova projectos de investimento em e através de Cabo Verde.

Francisco Costa, da Sociedade de Desenvolvimento da Madeira (S.D.M) afirmou que a assinatura do referido protocolo é apenas o começo do processo e garantiu que a sua instituição tudo fará para ir ao encontro dos interesses cabo-verdianos, com "transparência e disponibilidade."

Por ocasião da celebração do referido acordo, a Câmara de Comércio do Barlavento, CCIASB, e a CI organizam uma conferência para especificar quais as novas oportunidades que se podem abrir para Cabo Verde, como membro do Atlântico Sul.

Que papel, que posicionamento estratégico, que políticas a serem desenvolvidas, que ameaças e que benefícios para o país foram alguns dos questionamentos colocados pelos organizadores da conferência e que serviram de orientação para o orador, Luís Amado.

O estratega político português destacou o importante papel que Cabo Verde pode desempenhar futuramente em prol das boas relações mundiais já que, a seu ver, nenhum outro país se pode gabar de ter tão boas relações com o resto do mundo, como Cabo Verde.

"Está amarrado ao continente africano por razões de geografia, de história, de cultura e de civilização. Tem ainda uma parceria especial com a União Europeia e uma relação umbilical, económica, cultural e linguística com Portugal, que mesmo estando na situação em que está, é um país membro da União Europeia e continuará a sê-lo. Cabo Verde tem ainda relações com o Atlântico Norte absolutamente únicas, ou seja, é também um país com boas relações com os Estados Unidos. E, além disso, tem uma relação privilegiada com a grande potência do Atlântico Sul deste século que é o Brasil", elogiou Luís Amado.

O antigo ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal disse ainda que Cabo Verde, não apenas pela sua geografia, mas também pela diplomacia nas relações exteriores que os sucessivos Governos têm evidenciado e gerido da me¬lhor forma possível, tem condições para ocupar uma função geoestratégica, porque está num ponto de rotas comerciais, de segurança e de defesa fundamentais.

Com o maior indicador de formação de recursos e de educação das Nações Unidas, por estar, no âmbito dos objectivos do Milénio, bem posicionado para ser um dos primeiros do ranking dos países que mais rapidamente caminhou para esses objectivos, com indicadores de segurança reconhecidos internacionalmente e, uma eco¬nomia capaz de se transformar rapidamente, o arquipélago dispõe, segundo o conferencista, de todos os ingredientes necessários para ser um respeitável Centro Internacional de Negócios.

 


 




Data: 2012-01-02

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012