Início > Artigo > Porto do Lobito | Angola



UM PORTO EM DESTAQUE

Porto do Lobito | Angola


A edificação do Porto do Lobito data do longínquo ano de 1903, época em que principiavam os trabalhos de construção do Caminho de Ferro de Benguela.
 
O fundeadouro do Porto do Lobito tem aproximadamente 5,2 kilómetros de comprimento, escalando a largura os 300 metros na entrada e os 2000 metros na parte mais larga,com uma área de cerca de 6 km².

Estas magníficas condições naturais da baía, a excelência da organização e o apetrechamento técnico material garantem absoluta comodidade aos navios de pequenos e grandes calados, de pequeno e longo curso.

Os fundos variam entre os 10,5 e os 34 metros relativamente ao zero hidrográfico, o que permite a atracação simultânea de seis embarcações de longo curso. As máximas praiamares e baixamares atingem valores entre os 2 e os 0,20 metros, designadamente.
Os cais acostáveis destinados à navegação de longo curso estão compostos por dois troços dispostos em forma de L, com comprimento total de 1124 metros.

Um dos troços, implantado na direcção da restinga, e que se denomina normalmente por "Cais Norte" tem 572 metros de comprimento.

O outro, perpendicular ao primeiro, é o chamado "Cais Sul" e tem 552 metros de extensão.

Os muros-cais de longo curso, são de dois tipos diferentes: continuo, nos primeiros 226 metros do cais norte e nos últimos 264 metros do cais sul; descontínuo, constituido por pilares distanciados em 15 metros. na restante parte do cais.

ESPAÇO DO PORTO DO LOBITO NO FACEBOOK

12º 20' 47" de Latitude Sul e a
13º 32' 45" de Longitude Este



 




Data: 2011-12-19

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Francisca Chambal

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Robledo Gioia

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Sandra Augusto

 VI CONGRESSO DA APLOP - Abertura do Painel I - Lídia Sequeira

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Adriano Rosamonte

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Augusto Fernando Cabi

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Madalena Neves

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Fernando Nunes da Silva

 Congresso Intercalar Portos CPLP - Rio de Janeiro – Domingos Fortes (1)

 “EXPERIÊNCIA DO PORTO DE LEIXÕES NA FORMAÇÃO PORTUÁRIA”- Matos Fernandes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP – Menção Honrosa a Lima Torres

 IV Encontro de Portos da CPLP - Sessão de encerramento - Franklim Spencer

 “GEOPOLÍTICA DO MAR” - Carlos Manuel Mendes Dias (1)

 Novo Porto do Dande - Domingos Fortes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP - Franklin Spencer

 «Há muito potencial de crescimento nas relações comerciais Portugal/Brasil» (1)

 Porto de Luanda - 1955

 III Encontro de Portos da CPLP - Adalmir José de Sousa

 III Encontro de Portos da CPLP – Apresentação da Mesa de Honra

 III Encontro de Portos da CPLP - Estudo de mercado - (13) – Debate

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012