Início > Artigo > África precisa de valorizar produtos para exportação



PARA DESENVOLVER O COMÉRCIO

África precisa de valorizar produtos para exportação


Esta posição foi apresentada pelos painelistas do I Fórum de Comércio de África, a decorrer desde terça-feira em Addis-Abeba, para quem a valorização dos produtos africanos passa pela criação de uma capacidade interna de transformação e melhorar as trocas comerciais a nível continental.


O representante do Banco Africano de Desenvolvimento, Lamin Barrow, disse que se os países africanos começarem, por exemplo, a exportar produtos já transformados ou manufacturados passarão a render mais do que na actual situação.

E, segundo afirmou, também será necessário impulsionar o comércio entre os países africanos para permitir que os produtos exportados comecem a ser valorizados a nível do continente em primeiro.

“Um dos principais desafios para a integração regional em África é o baixo nível de trocas comerciais no continente e isso tem muitas implicações e de grande alcance para o crescimento sustentável e para a redução da pobreza”, acrescentou Barrow.

Apelou para a necessidade de os países apostarem na industrialização para criar uma capacidade interna de processamento de seus produtos de exportação, o que actualmente reduz o nível de participação na quota do comércio global.

“O comércio mundial foi avaliado em cerca de 30 triliões de dólares norte-americanos em 2010, mas a comparticipação de África nesse universo é de apenas 3 porcento”, explicou Barrow, acrescentando que o nível de evolução do comércio no continente foi avaliado de 10 para 12 porcento na última década, contra os níveis alcançados noutras regiões, que variam de 72 porcento para Europa, 52 na Ásia, 48 na América do Norte, 26 na América Latina e 16 porcento no Médio Oriente.

Outros painelistas como o secretário executivo da UNECA, Abdoulie Janneh, por exemplo, defendem a diversificação na exportação industrial. O aumento da capacidade produtiva por meio da mobilização do sector privado doméstico e investimento estrangeiro directo. O primeiro Fórum de Comércio de África decorre sob o lema “Acelerar o comércio intercontinental e aumentar a participação da África no comércio mundial”.

fonte




Data: 2011-11-26

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Sandra Augusto

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012