Início > Artigo > Investidores portugueses pesquisam negócios em Moçambique



Investidores portugueses pesquisam negócios em Moçambique


A Associação Comercial de Lisboa (ACL) considera Moçambique o principal mercado alvo para as exportações e internacionalização das empresas portuguesas, nos próximos dois anos.

Segundo o administrador da Caixa Geral de Depósitos, Nuno Thomaz, que liderou a missão empresarial lusa que esteve reunida dia 9 de Novembro com empresários moçambicanos, esta vantagem do país resulta dos recursos e oportunidades de negócios que o mesmo possui.

No fim do encontro tido ontem com a classe empresarial moçambicana, com o tema “Moçambique: rota de internacionalização das empresas portuguesas”, Nuno Thomaz garantiu ter efectuado contactos que ajudaram na identificação de oportunidades certas de negócios “e os parceiros locais com que os investidores portugueses têm que emparelhar para fazer bons negócios “.

FONTE

 




Data: 2011-11-11

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)