Início > Artigo > Um chip para medir a temperatura de cargas



Um chip para medir a temperatura de cargas


A tecnologia é mais uma vez aliada da logística. O Ceitec, de Porto Alegre (Brasil), está a desenvolver um chip com o objectivo de medir e registar a temperatura de cargas e transmitir esses dados por rádio-freqência. A novidade é produto de uma parceria entre a estatal, vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, e a Novus, fabricante gaúcha de equipamentos para medição, registo e controle de informações.

O dispositivo RFDI (que transmite dados por radio frequência) vai registrar temperaturas de -20ºC a 75ºC e poderá ser usado em alimentos, medicamentos, bolsas de sangue e outros produtos. “Conhecer a temperatura máxima e mínima a que um produto esteve exposto ao longo do tempo em que foi transportado é de grande importância para o usuário final”, avalia Reinaldo de Bernardi, superintendente de Produtos e Negócios da Ceitec.

A criação do novo circuito integrado levará cerca de um ano e meio. Depois do processo de desenvolvimento, o chip será fornecido a Novus, que exporta produtos eletrônicos para mais de 60 países, entre eles Estados Unidos, Alemanha, China, Austrália, Argentina e México.
A expectativa é de que o dispositivo alcance 1milhão de peças vendidas um ano e meio após seu lançamento. Para Aderbal Lima, diretor-presidente da Novus, a ideia é “miniaturizar diversos componentes em um só, com custo menor e qualidade maior, para um produto que poderá ser vendido no mundo inteiro”.

FONTE




Data: 2011-11-06

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)