Início > Artigo > Candidatura da Ilha do Príncipe a Reserva da Biosfera da UNESCO



Candidatura da Ilha do Príncipe a Reserva da Biosfera da UNESCO


No passado mês de Agosto foi entregue na UNESCO o dossier da candidatura da Ilha do Príncipe a Reserva da Biosfera, no âmbito do Programa MAB – Man and the Biosphere, em resultado de uma iniciativa do Governo Regional do Príncipe, que contou com o co-financiamento do IPAD.

O trabalho de recolha de informação sobre a ilha consistiu na recolha de informação, publicada ou inédita, sobre o ecossistema da ilha e na realização de trabalhos de campo efectuados por especialistas de diversas áreas.

Numa segunda fase, foi produzida cartografia e feita uma recolha fotográfica da fauna, flora paisagem, património, história e vivências socioculturais, com vista ao enriquecimento do dossier de candidatura.

Posteriormente, a empresa responsável pela elaboração do dossier procedeu à redacção da candidatura e tratou da tramitação necessária à apresentação da candidatura por parte das autoridades são-tomenses. Está igualmente previsto que a empresa acompanhe o desenvolvimento de acções de promoção a favor da candidatura bem como a prestação de apoio técnico a S. Tomé e Príncipe até à divulgação do resultado por parte do Comité da UNESCO.
A avaliação preliminar pelo Comité Científico do Programa MAB será feita até Fevereiro de 2012, prevendo-se que entre Maio e Junho do próximo ano, aquando da sessão Plenária do MAB, tenha lugar a aprovação formal da candidatura.

A inclusão do Príncipe nesta rede deverá potenciar, através de uma maior consciencialização da população e das autoridades santomenses, a conservação da riqueza e diversidade natural que caracterizam a ilha. Será igualmente importante para a captação de investimento ao nível da investigação assim como a dinamização do turismo vocacionado para um público-alvo que privilegia destinos turísticos onde a preservação da natureza é uma prioridade.
Para além do reconhecimento pela UNESCO e da integração da reserva da ilha do Príncipe na Rede Regional de Reservas da Biosfera, fica aberta a participação da ilha em projectos em rede com outras reservas da biosfera, uma partilha de experiências que se poderá revelar de grande utilidade para o Príncipe numa fase inicial que será, sobretudo, de aprendizagem.

FONTE




Data: 2011-11-05

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012