Início > Artigo > Minério de ferro de Nampula começa a ser exportado para a Índia



PORTO DE NACALA | MOÇAMBIQUE

Minério de ferro de Nampula começa a ser exportado para a Índia


O Porto de Nacala, norte de Moçambique, vai reforçar a sua actividade nos próximos dois meses, graças à exportação de minério de ferro para a Índia e à importação de cimento com destino ao Malauí, disse fonte da empresa.

Segundo Agostinho Langa, director executivo do Porto de Nacala, o minério de ferro extraído no Posto Administrativo de Iapala, no distrito de Ribauè, Nampula, começou a ser transportado da mina para Nacala a 7 de Outubro.

O primeiro comboio transportou 25 mil toneladas deste minério, quantidade que, através do Porto de Nacala, rumará para a Índia para fins comerciais.

A exploração do minério em Iapala, a cerca de 100 quilómetros da capital provincial de Nampula, está a cargo da Damodar, uma empresa mineira indiana detentora de uma licença concedida pelo Governo moçambicano.

Langa adiantou que o escoamento do minério pelo Porto de Nacala constitui uma mais-valia para aquele empreendimento portuário, pois contribuirá para o aumento das suas receitas e da carga ali manuseada.

O responsável acrescentou que o porto espera igualmente escoar, nos próximos dois meses, 35 mil toneladas de cimento para o Malauí, sendo esta, também, uma carga não planificada para o presente ano.

FONTE: OJE/Lusa
 




Data: 2011-10-16

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Sandra Augusto

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)