Início > Artigo > Pecém diversifica cargas a partir da movimentação de produtos siderúrgicos



BRASIL

Pecém diversifica cargas a partir da movimentação de produtos siderúrgicos


Com o Porto do Pecém consolidando-se cada vez mais como um hub de produtos siderúrgicos, os navios responsáveis pela movimentação de bobinas e placas de aço trazem outros tipos de cargas, aproveitando a frequência das rotas existentes. Recentemente, a Tecer Terminais, uma das prestadoras de serviço operacional no porto, foi responsável pelo desembarque de um cavalo mecânico que veio da China junto com produtos siderúrgicos. A operação foi realizada com o guindaste MHC.

De janeiro a outubro, o Porto do Pecém movimentou 18,10 milhões de toneladas, superando o resultado de todo o ano de 2019, o melhor resultado até então (18,1 milhões de toneladas). Entre as principais cargas movimentadas estão: minérios; combustíveis minerais; e ferro fundido.

fonte


 



Data: 2021-12-05

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

  Portos do Brasil - NEWS

 Portos de Cabo Verde – News

 Portos de Moçambique – News

 Portos de Angola – News

 Portos de Portugal – News

 XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 - Disponíveis todas as apresentações

 XII CONGRESSO DA APLOP | LUANDA, 2021 | Playlist com 23 vídeos no Youtube

 Acórdãos e Avisos da ANTAQ + Legislação avulsa

 Clipping com a actualidade dos portos brasileiros

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alberto Bengue, Presidente da APANG

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Miguel Matabel

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Alcídio Nascimento

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Ted Lago

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Fátima Alves

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Nuno Araújo

 XII Congresso da APLOP | Luanda, 2021 | Lucas Rênio

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)