Início > Artigo > Estado formula estratégia de aproveitamento do mar



ANGOLA

Estado formula estratégia de aproveitamento do mar


A Direcção Nacional para os Assuntos do Mar projecta a formulação de uma estratégia de aproveitamento dos recursos e a concepção do ordenamento marinho do país, anunciou, em Luanda, a secretária de Estado para as Pescas, Esperança da Costa.

A responsável, que falava durante um seminário consagrado ao "Levantamento das espécies marinhas vulneráveis ao longo da costa angolana”, avançou que a elaboração da estratégia consiste, em parte, na obtenção de uma listagem da biodiversidade marinha das águas territoriais angolanas, bem como das espécies e ecossistemas vulneráveis.

"Há uma crescente procura da utilização e aproveitamento dos recursos oceânicos e marinhos, assim como dos rios e lagos para a sobrevivência das famílias”, disse Esperança da Costa para explicar os objectivos da formulação da estratégia e da concepção do ordenamento marinho.

A secretária de Estado considerou os ecossistemas costeiros de Angola abundantes, particularmente os de mangais, pelo papel que desempenham na regulação do clima, a elevada produtividade, além de outros benefícios.
Defendeu uma avaliação do estado de conservação dos ecossistemas tidos como fontes de sobrevivência das famílias como forma de protecção das comunidades e de as tornar inclusivas e resilientes.

Esperança da Costa declarou que "a localização geográfica privilegiada de Angola, com ambientes oceânicos e marinhos altamente produtivos ao longo do Atlântico, a Corrente Quente de Angola e a Fria de Benguela, além de rios e lagos, exige uma estratégia de exploração urgente”.

fonte
 


 



Data: 2020-11-08

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Francisca Chambal

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Robledo Gioia

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Sandra Augusto

 VI CONGRESSO DA APLOP - Abertura do Painel I - Lídia Sequeira

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Adriano Rosamonte

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Augusto Fernando Cabi

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Madalena Neves

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Fernando Nunes da Silva

 Congresso Intercalar Portos CPLP - Rio de Janeiro – Domingos Fortes (1)

 “EXPERIÊNCIA DO PORTO DE LEIXÕES NA FORMAÇÃO PORTUÁRIA”- Matos Fernandes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP – Menção Honrosa a Lima Torres

 IV Encontro de Portos da CPLP - Sessão de encerramento - Franklim Spencer

 “GEOPOLÍTICA DO MAR” - Carlos Manuel Mendes Dias (1)

 Novo Porto do Dande - Domingos Fortes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP - Franklin Spencer

 «Há muito potencial de crescimento nas relações comerciais Portugal/Brasil» (1)

 Porto de Luanda - 1955

 III Encontro de Portos da CPLP - Adalmir José de Sousa

 III Encontro de Portos da CPLP – Apresentação da Mesa de Honra

 III Encontro de Portos da CPLP - Estudo de mercado - (13) – Debate

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família