Início > Artigo > Países lusófonos exportaram menos 21% para Macau no primeiro semestre



Países lusófonos exportaram menos 21% para Macau no primeiro semestre


Os países lusófonos exportaram menos 21% para Macau no primeiro semestre, em relação a igual período de 2019, informa a Direção de Serviços de Estatísticas e Censos (DSEC).

Os países lusófonos exportaram para o antigo território administrado por Portugal mercadorias no valor de 341 milhões de patacas (36 milhões de euros), indicou a DSEC em comunicado. Por outro lado, os países lusófonos importaram produtos no valor de apenas 9 milhões de Patacas (961 mil euros), um aumento de 793,6%, indicaram as autoridades de Macau.

No total, Macau exportou produtos avaliados em 4,16 mil milhões de patacas (444 milhões de euros), menos 19,5% se comparado com o período homólogo de 2019. Por outro lado, importou menos 30,3%, fixando-se nas 29,66 mil milhões de patacas (3,17 mil milhões de euros), menos 29,2%, em termos anuais.

O défice da balança comercial no primeiro semestre do corrente ano cifrou-se em 24,50 mil milhões de patacas (2,61 mil milhões de euros), face às 35,51 mil milhões de patacas (3,79 mil milhões de euros) em relação ao período homólogo de 2019.

Nos primeiros seis meses do ano, o valor total do comércio externo de mercadorias foi de 34,82 mil milhões de patacas (3,72 milhões de euros), menos 27,9%, em relação aos 48,32 mil milhões de patacas (5,16 mil milhões) registados no mesmo período de 2019.

fonte
 


 



Data: 2020-08-04

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Francisca Chambal

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Robledo Gioia

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Sandra Augusto

 VI CONGRESSO DA APLOP - Abertura do Painel I - Lídia Sequeira

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Adriano Rosamonte

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Augusto Fernando Cabi

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Madalena Neves

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Fernando Nunes da Silva

 Congresso Intercalar Portos CPLP - Rio de Janeiro – Domingos Fortes (1)

 “EXPERIÊNCIA DO PORTO DE LEIXÕES NA FORMAÇÃO PORTUÁRIA”- Matos Fernandes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP – Menção Honrosa a Lima Torres

 IV Encontro de Portos da CPLP - Sessão de encerramento - Franklim Spencer

 “GEOPOLÍTICA DO MAR” - Carlos Manuel Mendes Dias (1)

 Novo Porto do Dande - Domingos Fortes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP - Franklin Spencer

 «Há muito potencial de crescimento nas relações comerciais Portugal/Brasil» (1)

 Porto de Luanda - 1955

 III Encontro de Portos da CPLP - Adalmir José de Sousa

 III Encontro de Portos da CPLP – Apresentação da Mesa de Honra

 III Encontro de Portos da CPLP - Estudo de mercado - (13) – Debate

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012