Início > Artigo > Cefopescas cria expectativas aos jovens do Belas



LUANDA, ANGOLA

Cefopescas cria expectativas aos jovens do Belas


A entrada em funcionamento do Instituto Politécnico de Pescas (Cefopescas), está a criar muita expectativa no seio da juventude do município de Belas , em Luanda, face à sua importância para o desenvolvimento da actividade pesqueira na região.

Pelo menos 300 pescadores artesanais localizados nos distritos dos Ramiros, Morro dos Veados e da comuna da Barra do Kwanza, esperam beneficiar da formação nas diversas especialidades e melhorar o desempenho da actividade.

O Cefopescas, inaugurado na zona dos Ramiros, pelo Presidente da República, está vocacionado a formação de técnicos do sector a nível básico e médio.

A maior parte dos pescadores da região exercem a actividade, em embarcações de pesca artesanal e comercializam, o produto em locais com condições não recomendadas.

Para a administradora municipal, Mariana Francisco Cunha, constitui mais-valia para o relançamento do sector pesqueiro na região e por proporcionar condições nos níveis de captura e aos potenciais mercados de consumo interno.

Mateus Nunes, pescador há mais de 30 anos, referiu que toda formação é uma ferramenta para o desenvolvimento das distintas comunidades. "Não basta apenas fazer-se ao mar e pescar, é preciso que o profissional esteja toda do de conhecimentos e meios necessários ", salientou.

Pedro Matias, de 20 anos e estudante da 12 classe, que abraçou a profissão do seu pai, vai candidatar-se para frequentar o nível médio no instituto em qualquer especialidade.

O instituto está composto por modernas edificações, equipamentos e instalações que permitirão o desenvolvimento das formações necessárias, para obtenção das habilitações regulares de grau médio e mestre costeiro-pescador.

No centro serão também formados técnicos de máquinas e motores navais, técnico de máquinas e instalações navais, técnico de aquicultura, técnico de tecnologia de pescado, técnico de biologia marinha e técnico de Recursos Pesqueiros.

A nível básico, serão formados marinheiro-pescador, contramestre pescador, motorista-maquinista prático, assistente de electricidade naval, electromecânico de frio, auxiliar de processamento, manuseamento e conservação de pescado, auxiliar de carpintaria naval e auxiliar de soldadura, além de diversos cursos profissionalizantes de curta duração.

fonte




Data: 2020-02-06

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família