Início > Artigo > 2019 foi o Ano do empoderamento da Mulher no Sector Marítimo Portuário



CABO VERDE

2019 foi o Ano do empoderamento da Mulher no Sector Marítimo Portuário


Para o ano de 2019, a Organização Marítima Internacional (IMO na sigla inglesa) definiu como lema para o Dia Marítimo Mundial: o "Empoderamento da Mulher na Comunidade Marítima", chamando assim a atenção para a questão de igualdade de gênero, em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, assim como ressaltar a importante contribuição das mulheres no Sector Marítimo.

No rescaldo do ano, a IMO divulgou alguns números que resumem a aposta da instituição no empoderamento da Mulher no Sector Marítimo Portuário. Esta estatística revela que cada vez mais as mulheres têm conquistado o seu espaço no sector e dando um contributo importante no seu desenvolvimento.

Durante o ano de 2019, a IMO investiu cerca de 735.000 dólares em programas direcionados para as mulheres no sector marítimo, disponibilizou cerca de 65 programas de formação para mulheres em áreas como Operações portuárias, Segurança Portuária e Gestão Marítima.

Ainda este ano, o site da instituição partilhou mais de 20 histórias inspiradoras e de sucesso de mulheres em diversas áreas do sector, e realizou vários eventos, em todo o mundo, em que o tema central foi o empoderamento da mulher no sector marítimo-portuário.

Em Cabo Verde, a mulher tem conquistado gradualmente o seu espaço no sector marítimo, graças a aposta dos Governantes no empoderamento e liderança feminina e na aposta na luta pela igualdade de gênero.

Em Abril de 2019, a Enapor organizou, em Mindelo, o Seminário Internacional da Rede das Mulheres Profissionais Marítimas e Portuárias da África Ocidental e Central, um marco importante na consensualização de políticas e projectos que promovam a integração da mulher na área marítima e o desenvolvimento do continente.

Pela primeira vez na história da empresa, a ENAPOR conta com uma Mulher no Conselho de Administração, além de que a empresa dispõe de duas mulheres na liderança dos Portos, uma à frente do Porto Vale de Cavaleiros, no Fogo, e outra à frente do Porto de Tarrafal, em São Nicolau, havendo outros cargos intermédios chefiados por mulheres, o que demonstra a aposta da Administração da empresa em quebrar as barreiras tradicionais do género.

Com efeito, em 2019 a empresa iniciou um ciclo de uma série de publicações internas em homenagem às mulheres que fazem a diferença nos Portos de Cabo Verde, uma forma de reconhecimento para estas colaboradoras que desafiaram as práticas e que hoje ocupam um espaço que tradicionalmente era dominado por homens. São mulheres que trabalham no sector de Mão de Obra Portuária, Armazéns, Parque de contentores, Oficina mecânica, etc, dos Portos de Cabo Verde.

Vamos todos (as) continuar com forte engajamento no empoderamento da mulher no sector marítimo-portuário no ano de 2020.


 



Data: 2020-01-21

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família