Início > Artigo > Sector das Pescas cria agência de observação



ANGOLA

Sector das Pescas cria agência de observação


A ministra das Pescas e do Mar, Maria Antonieta Baptista, anunciou, em Luanda, estar em carteira a criação Agência Nacional de Observadores de Pesca. A ministra das Pescas e do Mar, Maria Antonieta Baptista, anunciou, em Luanda, estar em carteira a criação Agência Nacional de Observadores de Pesca.

Segundo a governante, que falava num encontro com presidentes das associações de pesca, a iniciativa tem por objectivo controlar os processos de descargas e melhorar os processos de observação e fiscalização da actividade.

Mesmo sem infra-estruturas apropriadas, a ministra disse existir essa possibilidade de ter observadores a bordo e em terra e controlar melhor aquilo que vai para os cofres do Estado.

Referiu que os centros de apoio de pesca artesanal, existentes um pouco por toda costa marítima, devem agregar a produção de gelo, o controlo das descargas, a redefinições das taxas e também salas de alfabetização para os pescadores.

O encontro com os presidentes das associações serve de ante-câmara ao Conselho Técnico Científico e Conselho de Gestão Integrado doa Recursos Aquáticos, a ter lugar nos dias 28 e 29 deste mês, na província de Benguela.

Por sua vez, o presidente da Associação de pesca artesanal, semi-industrial e industrial da província (APASIL), Manuel Bernardo, afirmou que as condições sanitárias das zonas de carga e descarga de pescado da Mabunda, Cacuaco e Buraco dificultam o controlo de produção pesqueira em Luanda.

Disse constituir uma grande inquietação da classe as condições higio sanitárias, um assunto que já se encontra sob a mesa do Governo Provincial, para o mapeamento de futuras zonas de descarga de pescado.

Em Luanda, existem 23 áreas que servem de suporte à pesca artesanal e todas carecem de melhorias profundas em termos de condições higio sanitárias".

A este respeito, a ministra das Pescas e do Mar, Maria Antonieta Baptista, reconheceu a necessidade da proibição da descarga de pescado em lugares inapropriados e sem condições técnicas sanitárias.


 



Data: 2019-11-18

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)