Início > Artigo > Moçambique pretende continuar a participar na iniciativa Faixa e Rota



Moçambique pretende continuar a participar na iniciativa Faixa e Rota


Moçambique vai continuar a participar activamente na iniciativa Faixa e Rota, através da presença em grandes eventos como a Exposição Internacional de Importações da China em Xangai, disse recentemente em Maputo um responsável ministerial.

António Inácio Júnior, director para a Ásia e Oceânia do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, disse ainda que Moçambique vai apoiar os trabalhos preparatórios da 6.ª Conferência Ministerial do Fórum de Macau.

O responsável, que recebia na altura uma delegação do Secretariado Permanente do Fórum de Macau chefiada pelo secretário-geral adjunto, Ding Tian, para a realização de contactos com responsáveis moçambicanos, manifestou a intenção do seu país em aproveitar plenamente os mecanismos bilaterais e multilaterais, além de criar novos modelos de cooperação.

Ding Tian informou António Inácio Júnior das actividades realizadas pelo Fórum de Macau para reforçar a cooperação tanto com Moçambique como com os outros países de língua portuguesa, para promover o intercâmbio bilateral e aprofundar a abordagem entre o Fórum de Macau e os países de língua portuguesa.

Esse intercâmbio e abordagem envolve diversos aspectos, como sejam as políticas de investimento, oportunidades de mercado, ambientes de negócio, complementaridade das vantagens, entre outros, tirando o maior partido de Macau enquanto Plataforma para alargar as áreas de cooperação empresarial.

A delegação do Secretariado Permanente do Fórum de Macau manteve ainda encontros com o ministro da Indústria e Comércio de Moçambique, Ragendra de Sousa e com o director-geral da Agência para a Promoção de Investimento e Exportações de Moçambique (Apiex), Lourenço Sambo.

O ministro Ragendra de Sousa afirmou que o Fórum de Macau tem desenvolvido diversas actividades com resultados notáveis, contribuindo de forma empenhada para a cooperação económica e comercial entre a China e Moçambique e agradeceu ao Secretariado Permanente os esforços envidados para a promoção da exportação de produtos agrícolas de Moçambique para a China. (Macauhub)
 


 



Data: 2019-08-20

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família