Início > Artigo > Maior livraria flutuante do mundo vai atracar em cinco cidades brasileiras



A PARTIR DE AGOSTO

Maior livraria flutuante do mundo vai atracar em cinco cidades brasileiras


A maior livraria flutuante do mundo vai atracar em portos brasileiros, com mais de 5 mil livros a bordo. A partir de Agosto, o Logos Hope passará pelos municípios de Santos, Rio de Janeiro, Vitória, Salvador e Belém, respectivamente.

Ao atracar nos portos, a proposta é promover projectos sociais e de ajuda humanitária com apoio de 400 voluntários. Segundo a empresa alemã GBA Ships, responsável pelo navio, pelo menos 47 milhões de pessoas em 150 países já subiram à embarcação em quase quatro décadas de actuação.

O Logos Hope como é conhecido hoje começou a atuar em fevereiro de 2009, mas a história do navio já soma cerca de quatro décadas, quando as embarcações eram batizadas com outros nomes. Logos, em grego, significa “a palavra”. A embarcação tem capacidade para 442 pessoas. Somente no Logos Hope, já foram vendidos mais de 8 milhões de obras. A embarcação recebeu mais de 7 milhões de visitantes.

A primeira cidade a receber o navio será Santos, a partir do dia 23 de agosto. Em Santos, são esperados cinco mil visitantes por dia. Em março, a Prefeitura de Santos entregou uma carta de boas-vindas à GBA Ships.

O navio ficará no município litorâneo até 17 de setembro, quando seguirá para o Rio de Janeiro. Lá, ficará atracado até 8 de outubro. O navio permanece em Vitória entre os dias 9 e 22 de outubro. Em seguida, continua a viagem até Salvador, onde estará entre os dias 24 de outubro e 12 de novembro.

O último município a receber o Logos será Belém, no dia 18 de novembro. A embarcação deixa a capital paraense no dia 6 de dezembro, dando continuidade ao percurso em outros países da América Central.

A feira flutuante contém títulos voltados para educação complementar, interesses profissionais e de carreira, desenvolvimento pessoal, entre outros. Há uma sessão voltada somente para crianças.

A maioria das obras disponíveis é em inglês, mas a empresa busca se adaptar à língua da comunidade local. Quando o navio atraca nos portos, é organizada uma estrutura para doação de livros.

fonte


 



Data: 2019-07-20

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)