Início > Artigo > Caminho de Ferro de Moçâmedes antecipa transporte de ferro-gusa



ANGOLA

Caminho de Ferro de Moçâmedes antecipa transporte de ferro-gusa


O início da produção de ferro-gusa em dois municípios de Angola deverá permitir que a facturação da Caminho-de-Ferro de Moçâmedes aumente de 700 milhões para mais de 1000 milhões de kwanzas/ano, disse o administrador financeiro da empresa gestora ferroviária.

António Conceição disse ainda à agência noticiosa Angop que a empresa, ao longo do traçado de 905 quilómetros que abrange as províncias de Namibe, Huíla e Cuando Cubango, transporta actualmente cerca de 12 mil toneladas de carga diversa por mês, quantidade que pode aumentar para 400 mil toneladas com o início da exploração de minério de ferro.

A exploração do minério e a sua transformação em ferro-gusa irá ter lugar nos municípios do Cutato, Cuando Cubango e da Jamba, na Huíla, aguardando a administração da Caminho-de-Ferro de Moçâmedes o início desse processo para aumentar a tonelagem de carga transportada e, consequentemente, a facturação.

O administrador financeiro acrescentou que a média de facturação mensal da CFM ronda 70 milhões de kwanzas, longe do que seria o equilíbrio da conta de exploração, pois os custos operacionais estão fixados em 200 milhões de kwanzas, o que representa 35% da estrutura de despesas da empresa pública, sendo que o restante é assumido pelo Estado.

António Conceição frisou que a CFM está a contactar empresas produtoras de material circulante, estando o interesse centrado na aquisição de vagões de tipologia apropriada para o transporte de minérios, antecipando que as empresas que vão explorar os depósitos de minério de ferro comparticipem no custo da sua aquisição.

A Caminho-de-Ferro de Moçâmedes transportou no decurso do primeiro semestre de 2019 cerca de 72 mil toneladas de carga, desde granito à que é acompanhada pelo passageiro, um acréscimo de 22% face ao período homólogo de 2018. (Macauhub)
 


 



Data: 2019-07-11

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família