Início > Artigo > O peixe mais rápido do mundo



O peixe mais rápido do mundo


O peixe-vela, peixe-espada ou agulhão-vela (Istiophorus platypterus) é considerado o peixe mais rápido do mundo. A velocidade que este animal pode atingir enquanto caça chega a 110 km/h e está registada no Guinness Book, o livro dos records.

Encontrado em oceanos tropicais, este peixe tem a extremidade do focinho longa e pontiaguda, que ajuda a cortar a pressão da água, aumentando a velocidade com que ele se locomove. Isso ajuda o animal a fugir dos predadores (entre eles, o homem) e também a capturar outros peixes para se alimentar. A nadadeira dorsal do peixe o ajuda a direcionar seu corpo enquanto ele nada em alta velocidade.

O principal motivo para a diminuição de peixes-espadas espalhados pelo mundo está ligado ao fato que esta espécie é um dos principais alvos da pesca esportiva por muitas pessoas.

fonte




Data: 2019-07-03

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)