Início > Artigo > Transporte fluvial garante a deslocação de pessoas e cargas na região Amazónica



BRASIL

Transporte fluvial garante a deslocação de pessoas e cargas na região Amazónica


Na região Norte, os rios são as estradas para a deslocação de cargas e passageiros. A malha hidroviária de mais de 16 mil quilómetros de rios navegáveis na região é a ligação entre os grandes centros das capitais, os municípios do interior e as comunidades ribeirinhas, localizadas em áreas mais remotas. É também a solução logística para o desenvolvimento social, económico e cultural da população local.

A movimentação é grande. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a região Norte concentra cerca de 9% da população brasileira (quase 18 milhões de habitantes) e, desse total, 26% encontram-se na zona rural. Todos os dias, milhares de pessoas deslocam-se para as cidades maiores em busca de encomendas, cargas e mercadorias, que vão desde alimentos até medicamentos, materiais de higiene e de construção, entre outros. Há também aqueles que saem de suas casas, nas comunidades mais isoladas, para trabalhar, estudar ou para fazer um tratamento médico.

continue a ler aqui


 



Data: 2019-07-01

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família