Início > Artigo > A exuberância Marinha de São Tomé e Príncipe



A exuberância Marinha de São Tomé e Príncipe


Quase 130 espécies de gobídeos vivem em simbiose com camarões-pistola. O camarão escava um túnel na areia ou cascalho e mantém-no permanentemente limpo de sedimentos.
O caboz vive neste túnel como inquilino. Esta associação parece ser vantajosa para ambas as partes. O camarão-pistola tem fraca visão e utiliza o caboz como sistema de alarme. Quando este sai do túnel, o camarão utiliza uma das suas duas antenas para manter contacto com o peixe que permanece na entrada do túnel. Se o peixe indicar perigo com um movimento da cauda ou mesmo com um recuo para o túnel, o camarão retrocede rapidamente.

Associações de cabozes com camarões-pistola são comuns no mar Vermelho e no Indo-Pacífico, mas, no Atlântico Ocidental tropical, só são conhecidas quatro simbioses do género. Em São Tomé e Príncipe, detectei a primeira simbiose caboz-camarão do Atlântico Oriental.

REPORTAGEM DA NATIONAL GEOGRAPHIC PARA LER NA ÍNTEGRA AQUI


 



Data: 2019-06-29

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)