Início > Artigo > Produção aquícola atinge o ponto mais alto da época pesqueira



ANGOLA

Produção aquícola atinge o ponto mais alto da época pesqueira


A produção aquícola em 2018 atingiu o ponto mais alto da série temporal pesqueira, tendo registado uma captura de mil 175 toneladas nas 52 empresas distribuídas em 11 províncias, sendo o Uíge a que mais contribuiu, com mil 511 toneladas.

 

Estes dados foram revelados na cidade de Moçâmedes (Namibe), durante o primeiro Conselho Consultivo do Ministério das Pescas e do Mar, com a presença de representantes das 18 províncias do país, sem contudo revelarem os dados comparativos de 2017.

Neste conselho os membros foram ainda informados que estão neste momento catalogadas na DNA, 148 novas iniciativas da produção aquícola, das quais 136 no domínio da aquicultura continental e 12 maricultura.

No referido período (2018) a captura global de pescado foi de 442 mil 255 toneladas, o sal iodizado de 103 mil 437 toneladas.

No âmbito do desenvolvimento da actividade de aquicultura, o sector está a implementar a nível do país a capacitação básica e treinamento de aquicultura, tendo já ministrados cursos em oito províncias, com um total de 511 formandos.

Os participantes recomendaram que doravante todos os produtos da pesca importados/exportados devem apresentar o certificado de captura emitido pela entidade competente do país (MINPESMAR), de acordo com os artigos 16º,17º e 18 do regulamento sobre as medidas de prevenção, combate e eliminação da pesca ilegal.

De igual modo, incentivaram os empresários a praticarem a aquicultura com a finalidade de aumentar a produção e se atingirem as metas preconizadas pelo Executivo até 2022 de uma produção de cinco mil toneladas de peixe.

fonte
 


 



Data: 2019-06-22

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012