Início > Artigo > Governo preocupado com pesca desenfreada do camarão e caranguejo na Zambézia



MOÇAMBIQUE

Governo preocupado com pesca desenfreada do camarão e caranguejo na Zambézia


Os casos de pesca desenfreada do caranguejo do mangal e camarão de superfície na província central da Zambézia está a preocupar o governo provincial. O director provincial do Mar Águas Interiores e Pescas, Júlio Bastos, indicou que o governo está accionar todas as suas forças para bloquear aquela situação, que para além de perigar a extinção de espécies prejudica a economia da província.

Só no período de veda, nos últimos três meses, a província registou cinco casos de pesca ilegal daqueles crustáceos envolvendo empresas chinesas que estão espalhadas nos principais pontos de captura.

O vice-ministro do pelouro, Henriques Bongesse (na foto), que esteve a orientar as cerimónias da abertura oficial da campanha de pesca referente ao ano de 2019, esta segunda-feira, na Zambézia, chamou a tensão para o cumprimento da legalização pescatória para o bem da economia nacional.

A contribuição em 2018 da província da Zambézia foram mais de 79 mil toneladas de pesca artesanal.

"Queremos dizer aos pecador que quando decretamos período de veda é justamente para garantir multiplicação de espécie e assegurar melhores produções em período de pesca legal".

fonte


 



Data: 2019-04-01

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família