Início > Artigo > Portos da CDRJ movimentaram 63,8 milhões de toneladas em 2018



RIO DE JANEIRO, BRASIL

Portos da CDRJ movimentaram 63,8 milhões de toneladas em 2018


Administrados pela Companhia Docas do Rio de Janeiro, os Portos do Rio de Janeiro, Itaguaí e Niterói obtiveram um crescimento expressivo na movimentação de cargas em 2018, fechando o ano com o recorde de 63,8 milhões de toneladas. O número representa um aumento de 7% em relação a 2017, quando foram movimentadas 59,6 milhões de toneladas.

O acréscimo, em toneladas, de 22,6% da carga conteinerizada e de 5,5% dos Granéis Sólidos influenciou a evolução do total movimentado pela Companhia. O trigo (aumento de 16%), o sal (114%), o gesso (56%), Roll-on/Roll-of (19%) e a carga conteinerizada (22,6%) foram os produtos com os acréscimos de maior destaque.

O Porto do Rio de Janeiro registrou um crescimento expressivo de 12,1% na movimentação total, que atingiu a marca de 7.127.318 toneladas. Na carga conteinerizada, o destaque foi o aumento de 73% na importação de longo curso da Arrendatária Libra. No caso da Arrendatária Multiterminais, tanto a importação como a exportação de longo curso registraram aumento de 29% e 14%, respectivamente.

Já o Porto de Itaguaí, com 56.604.586 toneladas movimentadas, registrou um aumento de 6,5% em relação ao ano anterior. Destaque para o crescimento de 5,4% na movimentação de granéis sólidos, ocasionado pela ampliação da exportação do minério de ferro em 8%. Destaque ainda maior para o expressivo crescimento de 33,4% na movimentação de contêineres. A arrendatária Sepetiba Tecon movimentou o equivalente a 4.034.128 toneladas em 2018, ante pouco mais de 3 milhões em 2017. Essa tonelagem foi derivada da movimentação de 415.907 TEUs, ante 246.033 TEUs movimentados entre janeiro e dezembro de 2017.
Como um todo, a CDRJ movimentou o equivalente a 763.688 TEUs nas duas unidades (Rio de de Janeiro e Itaguaí), o que representa um incremento de 25,3% em relação ao ano anterior.

Apesar da pequena representatividade em termos de tonelada movimentada (44.603), o Porto de Niterói alcançou um crescimento 101,6%, em relação ao ano de 2017, atribuído à demanda da atividade offshore.
 


 



Data: 2019-02-10

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família