Início > Artigo > Porto de Nacala, Moçambique



PORTOS DA APLOP

Porto de Nacala, Moçambique


O Porto de Nacala localiza-se no extremo sul da baía de Bengo e, devido à profundidade das suas águas, apresenta condições excepcionais de navegabilidade, o que permite a entrada/saída de navios sem limitação de calado, 24 horas por dia, e não necessita de dragagem. Estas características conferem-lhe a classificação de maior porto natural de águas profundas da costa oriental de África.

Aberto ao tráfego em Outubro de 1951, o Porto de Nacala conta, neste momento, com um terminal de carga geral capacitado para manusear 2 milhões de toneladas anualmente; possui oito armazéns com uma superfície total de 21.000 metros quadrados e é servido por nove guindastes eléctricos de 5 a 20 Tons, três empilhadeiras de 5 Tons, duas evacuadoras para cereais de 40 Tons/hora cada e quatro garras de 2,5m^3; um terminal de contentores com 327 metros de comprimento e 15 metros de profundidade, 30.000 TEU anuais de capacidade de manuseamento e 62.000 metros quadrados de área pavimentada para o armazenamento de 2.750 contentores, servido por quatro empilhadeiras de 42 Tons com spreaders telescópicos para contentores de 20 e 40 pés; um pórtico de parque de 25 Tons para contentores de 20 pés; um guindaste de 22 Tons e 21 tomadas para frigoríficos.

portonacala3O Porto de Nacala dispõe, também, de um terminal para granéis líquidos ligado aos depósitos de combustíveis da BP-Moçambique (18.000 toneladas) e da Petromoc (35.000 toneladas) por um pipeline de 3,5km e ainda depósitos com uma capacidade total de 2.400 toneladas para óleos de palma e alimentares, da Lever Brothers do Malawi.

Nacala é um porto de baldeação por excelência para toda a costa africana do Índico e foi reabilitado, entre 1984 e 1996, por meio de um financiamento da Finlândia, orçado em 196 milhões de marcos finlandeses.

fonte


 



Data: 2019-01-06

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)