Início > Artigo > RANGEL ENTREGA EQUIPAMENTO ESCOLAR A MEIO MILHÃO DE CRIANÇAS



ANGOLA

RANGEL ENTREGA EQUIPAMENTO ESCOLAR A MEIO MILHÃO DE CRIANÇAS


Fruto de uma parceria com a Porto Editora, a Rangel tem vindo a apoiar o ensino primário angolano, através do transporte e distribuição de material escolar por todo o país. A iniciativa insere-se no “Projeto de Aprendizagem para Todos” (PAT), promovido pelo Ministério da Educação angolano e consiste na integração dos alunos na escola e na capacitação dos professores.

Desde Agosto de 2017, a Rangel, através da Multiparques Rangel, tem vindo a distribuir por todas as províncias angolanas 372 toneladas de livros escolares, quadros, mesas, cadeiras, armários, mapas, calculadoras, máquinas de impressão em braille, gramáticas, entre outros.

Com a logística associada ao transporte, distribuição e assemblagem de 15 contentores, esta ação é considerada a maior iniciativa no que diz respeito à distribuição de material escolar e de suporte em Angola. O projecto, iniciado em Agosto de 2017 e cuja 3ª fase terminou no mês passado, consiste no suporte à cadeia de abastecimento de 167 escolas localizadas nas 18 províncias angolanas e na totalidade dos seus municípios.

“Com o apoio do Banco Mundial, este projeto é da mais alta relevância para o Ministério da Educação e para o Governo da República de Angola, como garantia da educação das gerações vindouras. Através do nosso know-how em logística integrada, simplificámos e acelarámos todo o processo, desde o controlo aduaneiro, transporte internacional, armazenagem e distribuição por todo o território nacional que contribuiu para o sucesso desta operação e desenvolvimento da sociedade Angolana, o que nos deixa, obviamente, muito satisfeitos”, afirma Nuno Rangel, CEO da empresa.

Devido às especificidades inerentes às infraestruturas terrestres do mercado angolano, este projeto tem sido um grande desafio para a Rangel. Ao longo de vários meses, as equipas da Rangel em Angola e em Portugal planearam todo o processo de transporte, distribuição e assemblagem dos materiais escolares, contribuindo para a concretização de um projeto único ao nível do ensino angolano.

Esta operação é mais um exemplo do compromisso assumido pela Rangel no sentido de estreitar laços e desenvolver parcerias bilaterais entre Portugal e Angola.

Para além do transporte, as equipas prestam ainda serviços de assemblagem in house e no local de entrega, como garantia da operacionalidade dos materiais de suporte desta ação, que se traduz numa distribuição multimodal e complexa, devido às adversidades de acessos rodoviários e tipologia do material enviado.

O Ministério da Educação de Angola estima que até ao final de 2018, cerca de meio milhão de crianças de todo o país frequentarão a escola primária no âmbito do PAT, que conta também com o apoio da Porto Editora.

O projeto PAT, desenvolvido pelo Ministério da Educação angolano e pelo Banco Mundial, visa melhorar o nível de conhecimento e as competências dos professores, a gestão das escolas e desenvolver um sistema de avaliação sistemática de alunos.


 


 



Data: 2018-05-12

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)