Início > Artigo > Empresa Sopesol aposta na fabricação de barcos



ANGOLA

Empresa Sopesol aposta na fabricação de barcos


A construção de barcos semi-industriais de até 27 metros de comprimento e seis metros de calado, com uma capacidade de 60 toneladas de pescado, constitui a aposta da empresa Sopesol, informou no Porto Amboim, província do Cuanza Sul, o empresário António Vieira.

 

Nessa iniciativa de fabricação de barcos semi-industriais, a Sopesol está em parceria com a empresa Siac, com quem tem um contrato e do qual já resultou a construção de uma embarcação, de uma série de quatro previstas.

O barco já construído entra actividade nos próximos dias. Um barco deve custar cerca de 500 mil dólares norte-americanos.

A aposta das empresas nesse domínio decorre da falta de estaleiro naval e do recurso à importação de barcos, tendo em conta a existência de barcos paralisados e da incapacidade de reparação local.

Para que a indústria naval se destaque e produza o sufieciente tendente a reduzir a importação de barcos, o empresário destacou a necessidade da facilitação na obtenção de crédito e de divisas para a importação de sobressalentes.

Afirmou que as companhias estão prontas para apoiar a actividade de pesca, mas para tal urge a necessidade de haver apoio à indústria naval na importação de motores naval,tendo em conta que o pais não fabrica.

Num fórum sobre a revitalização das pescas realizado de 28 a 29 de Março deste ano, o governador do Cuanza Sul , Eusébio de Brito Teixeira , disse que há condições para a instalação de um pólo de transformação pesqueiro e construção de pequenas embarcações de pesca , sendo a energia eléctrica um factor determinante.

De acordo com as suas declarações naquela altura, o projecto vai permitir a industrialização do sector no domínio da construção naval.

No mesmo evento, a ministra das Pesca e do Mar, Victória de Barros Neto, avançou que “ no domínio das infraestruturas vai ser promovido o surgimento de estaleiro naval para a reparação e requalificação de pequenas e médias embarcações.”

As embarcações de pesca semi-industrial têm uma capacidade para navegar de 8 a 12 milhas náuticas.

fonte
 


 



Data: 2018-04-12

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)