Início > Artigo > Codeba festejou 41 anos



BAHIA, BRASIL

Codeba festejou 41 anos


A Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba) completou 41 anos de existência no dia 17 de março. A programação comemorativa foi realizada no auditório da Companhia, com uma palestra sobre qualidade de vida no trabalho, com Fernando Cosenza, diretor de Marketing Estratégico, Inovação e Digital da Sodexo Benefícios e Incentivos. O encerramento teve uma apresentação do Coral Vozes TCE/TCM, sob a regência do maestro Neemias Couto.

O diretor-presidente da Codeba, Rondon Brandão do Vale, disse que a Companhia, no seu aniversário, reitera sua busca permanente pela excelência dos serviços prestados nos Portos Organizados de Salvador, Aratu-Candeias e Ilhéus, através da gestão eficiente e humana dos recursos, visando promover o desenvolvimento econômico do mercado, o equilíbrio ambiental e o crescimento e satisfação plena de seus colaboradores e funcionários”.

Para Rondon, o maior desfio em relação à administração voltada para a gestão humana é valorizar alguns aspectos realmente relevantes que mostram o quanto a Codeba almeja a qualidade de vida de seus funcionários. “Nós estamos aqui para colocar as pessoas no centro, envolvidas, com condições de desenvolvimento pessoal, bem como o seu bem-estar”, enfatizou.

“Estamos revendo o orçamento de 2018, visando novos investimentos nos portos públicos baianos. Serão milhões de recursos financeiros aplicados em projetos, obras, manutenção de equipamentos, retomada da ampliação do quebra-mar, execução de dragagens, dentre outros. Mas, tudo isto tem que acontecer com ações de qualidade de vida em todas as unidades da Codeba, porque vão refletir, positivamente, na comunicação, na satisfação, na motivação, na confiança entre as pessoas e, consequentemente, na imagem da empresa junto aos seus clientes e empregados”, ressaltou.

Segundo Fernando Cosenza, após investir em qualidade de vida, nove em dez líderes notaram uma melhora no ambiente de trabalho e 70% um aumento no faturamento. Ele disse que quando as pessoas são colocadas no centro das discussões, os resultados são melhores, porque produzem mais, tanto para eles quanto para a empresa. “Qualidade de vida no trabalho é uma percepção individual de bem-estar”, completa.

Na apresentação, Fernando citou que as alternativas que melhor se relacionam com a qualidade de vida são: ter amigos e uma vida social, viver em ambiente físico confortável, ter saúde e bem-estar, se sentir reconhecido no trabalho e na vida pessoal, ter acesso a recursos que facilitem o dia a dia, aprender e melhorar no trabalho e na vida pessoal. “É preciso ampliar o debate sobre qualidade de vida porque funcionários motivados são 12% mais produtivos e ficam 10% menos doente”.


 



Data: 2018-03-31

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)