Início > Artigo > Terminal de carvão do grupo indiano Essar entra em funcionamento em 2020



BEIRA, MOÇAMBIQUE

Terminal de carvão do grupo indiano Essar entra em funcionamento em 2020


A primeira fase do terminal de carvão com uma capacidade de 10 milhões de toneladas/ano a ser construído no porto da Beira, província de Sofala, centro de Moçambique, pelo grupo indiano Essar deverá entrar em funcionamento em 2020 após um investimento de 260 milhões de dólares, afirmou na Cidade do Cabo o presidente executivo da Mozambique Essar Ports, Ltd.

Tej Nargundkar disse ainda no decurso da Conferência Sul-Africana de Exportadores de Carvão 2018, realizada naquela cidade sul-africana de 31 de Janeiro a 2 e Fevereiro, que o lançamento da segunda fase deste projecto, em que está previsto um investimento de dimensão semelhante, dependerá do êxito da primeira, de acordo com a imprensa local.

O presidente executivo da Mozambique Essar Ports, Ltd. adiantou que o facto de o porto da Beira não permitir a atracação de navios de mais de 50 mil toneladas de arqueação bruta ou com um calado superior a 12 metros não constitui um entrava ao negócio, uma vez que a maior parte dos portos indianos também não é de águas profundas.

O objectivo central deste investimento do grupo Essar através da Essar Ports, Ltd é utilizar o porto da Beira para a exportação de carvão mineral extraído em Moatize, província de Tete, respondendo dessa forma ao aumento da procura que se verifica na Índia.

O porto da Beira fica localizado a 580 quilómetros da bacia carbonífera de Moatize, sendo servido pela linha de caminho-de-ferro do Sena, recentemente preterida pelo grupo brasileiro Vale para escoar o carvão extraído igualmente em Moatize em favor da linha que passando pelo Malaui chega ao porto de águas profundas de Nacala, a uma distância de 912 quilómetros.

O terminal a construir será totalmente mecanizado desde a descarga dos vagões até ao armazenamento e carga dos navios, tendo o cais 300 metros de comprimento e 24 de largura e dispondo de uma capacidade de 700 mil toneladas na primeira fase. (Macauhub)
 


 



Data: 2018-02-08

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família