Início > Artigo > Em meados do século, porta-contentores poderão atingir 50 mil TEU



Em meados do século, porta-contentores poderão atingir 50 mil TEU


Num artigo de opinião e com base em diversas projecções sobre o comércio global, um jornalista especializado admite que os navios continuarão a crescer, até 28 mil TEU na próxima década e mesmo até 50 mil TEU nos próximos 30 anos.

Na próxima década, porta-contentores com capacidade para 28 mil TEU e com calados de 18 metros e 420 metros de comprimento poderão ser vistos nos serviços de transporte marítimo que ligam a costa ocidental americana e a Ásia através do Pacífico. E em meados do século, tais navios poderão atingir capacidades para 50 mil TEU.

Estas são conclusões de Harry Valentine, licenciado em Engenharia Mecânica, com especialização em Termodinâmica e que passou os últimos 10 anos como jornalista técnico e mais de 20 como investigador sobre transportes, expostas num artigo de opinião recente do autor publicado no Maritime Executive, com base em estudos e projecções sobre a evolução do comércio internacional ao longo das próximas décadas.

O autor recorda inclusivamente que apenas há 10 anos, o comércio marítimo contentorizado era feito, principalmente, em navios Panamax, com uma capacidade para 5 mil TEU. “A combinação de um aumento do comércio internacional e desenvolvimentos na logística de transporte exigiu o desenvolvimento de porta-contentores maiores para navegarem entre a Europa e a Ásia e entre a Ásia e a costa ocidental da América”, refere.

No seu artigo, Harry Valentine também admite que na sequência de alterações climáticas, os futuros super-navios poderão vir a navegar pelo Árctico canadiano em viagens entre a Ásia e a Europa e entre o leste asiático e a costa leste da América do Norte. Por outro lado, tais navios provenientes de portos como Vizhinjam (Índia), Colombo (Sri Lanka) e Singapura poderão justificar uma ampliação do Canal de Suez no quadro de rotas entre o Índico e o Ocidente.

fonte


VEJA UMA PLAYLIST COM DEZENAS DE VÍDEOS DO LOBITO, CATUMBELA E BENGUELA, CLICANDO NA IMAGEM

Lobito 2013 NO FACEBOOK - CENTENAS DE FOTOS E VÍDEOS



Data: 2017-11-22

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)