Início > Artigo > Obras Da Bacia De Evolução Em Itajaí Ultrapassam 52%



BRASIL

Obras Da Bacia De Evolução Em Itajaí Ultrapassam 52%


A Marinha do Brasil autorizou a substituição de faroletes por boias luminosas de sinalização no novo canal de acesso do complexo do Porto de Itajaí. A obra está com 52% das obras concluídas.

Atualmente no molhe norte, do lado de Navegantes, equipes de trabalho estão em grande escala, removendo pedras para modelar e construir o molhe do cabeço. As pedras que estão sendo retiradas estão sendo deslocadas para uma área afastada no próprio canteiro e que posteriormente serão reutilizadas para construir o novo molhe e estruturar o molhe da Marina. Todos os guias correntes localizados nos molhes transversais já foram retirados e suas pedras foram depositadas em um “bota fora”, localizado no Bairro Pedreiras em Navegantes.

Recentemente a Superintendência do Porto de Itajaí, através de sua Gerência de Projetos, recebeu uma notícia que vinha sendo aguardada por muito tempo. Com o objetivo de colaborar com o andamento das obras da bacia de evolução, principalmente em prol da segurança da navegação e que priorizam o “Projeto de Sinalização Náutica do Complexo Portuário de Itajaí”, foi encaminhado pela Marinha do Brasil, via oficio emitido pela Delegacia da Capitania dos Portos em Itajaí, o documento que autoriza e aprova provisoriamente a sinalização náutica que viabiliza a continuidade das obras.

“Recebemos da Autoridade Marítima a autorização provisória pela sinalização náutica existente, em que quatro faroletes serão substituídos por boias luminosas de sinalização. O objetivo é dar sequência frente às obras neste segundo semestre e paralelo a isto o Porto de Itajaí está estudando e projetando uma sinalização náutica definitiva para o futuro canal de acesso com um olhe deslocado e Bacia de Evolução de 530 metros de diâmetro”, destacou o diretor técnico da Superintendência do Porto de Itajaí, André Pimentel.

O efetivo diário conta com o revezamento de 65 trabalhadores que dispõem de maquinários pesados para esta modalidade de serviço como: dois guindastes, quatro retroescavadeiras de braço longo 22 metros, quatro caminhões basculantes e pipa, uma draga de sucção e recalque tipo CUTTER, uma draga de capacidade de carga e bombeamento tipo HOPPER e dois flutuantes/balsa.
Dimensões da obra

Investimentos aproximados na ordem de R$ 105 milhões pelo Governo do Estado via Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIE);

Concluídas as obras (Etapas 01 e 02), o Complexo Portuário de Itajaí poderá operar com navios de até 366 metros de comprimentos e 51 metros de boca (largura);

Para o giro de manobra dos navios, sua capacidade é de 530 metros de diâmetro e profundidade de 13 metros;

O prazo para conclusão das obras está estipulado para abril de 2018;

O volume estimado de pedras a ser removido é de 463.140,39 metros cúbicos (sujeito a alteração);

Com a realocação do molhe norte, possibilitará que o canal de acesso fique com a largura de 170 metros no canal de acesso.

fonte


VEJA UMA PLAYLIST COM DEZENAS DE VÍDEOS DO LOBITO, CATUMBELA E BENGUELA, CLICANDO NA IMAGEM

Lobito 2013 NO FACEBOOK - CENTENAS DE FOTOS E VÍDEOS



Data: 2017-07-25

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família