Início > Artigo > Huíla: percurso Lubango/Namibe é o mais rentável do CFM



ANGOLA

Huíla: percurso Lubango/Namibe é o mais rentável do CFM


O percurso ferroviário entre as cidades do Lubango e do Namibe é o mais rentável do Caminho-de-ferro de Moçâmedes (CFM), não obstante ter uma frequência semanal, ao contrário das dez entre a capital huilana e Menongue, no Cuando Cubango, revelou o administrador financeiro da empresa ferroviária, António Conceição.

Em entrevista à Angop, o gestor disse que em média o Caminho-de-Ferro de Moçamedes factura 30 milhões de kwanzas/mês, com o transporte de carga e passageiros.

Explicou que devido à frequência de carga transportada para e a partir do Porto do Namibe estes 243 quilómetros rendem mais, pois mais 70 porcento da carga que chega àquele instituição portuária tem como destino o Lubango.

“Do Namibe ao Lubango as composições do CFM fazem apenas o transporte de carga, mas dependem muito dos fretadores, mas há um volume considerável, porque no Namibe por ter o Porto, tem origem grande parte da carga que se transporta, sobretudo combustíveis e sem sentido inverso leva-se a madeira do Cuando Cubango e o granito da Huíla, tudo carga objecto de exportação”, fez saber.

António Conceição informou que a facturação ainda não satisfaz as necessidades orçamentais, pois a tarifa dos bilhetes fixa-se no regime de preços vigiados e então é subvencionado, tornando difícil cumprir com as despesas operacionais da empresa.

Acrescentou que as necessidades anuais em orçamento fixam-se em pelo menos três biliões de kwanzas, como orçamento confortável para aquilo que são as despesas correntes, sendo que o Estado assume 75 porcento das necessidades operacionais.

O preço dos bilhete por passageiro custa mil e 750 kwanzas, no percurso Lubango – Menongue, em dez frequências semanais, transportando à volta de 90 mil passageiros por mês.

O Caminho-de-ferro de Moçâmedes, cuja sede está no Lubango, conta actualmente com mais de mil e 400 trabalhadores distribuídos pela Huíla, Namibe e Cuando Cubango.

fonte


VEJA UMA PLAYLIST COM DEZENAS DE VÍDEOS DO LOBITO, CATUMBELA E BENGUELA, CLICANDO NA IMAGEM

Lobito 2013 NO FACEBOOK - CENTENAS DE FOTOS E VÍDEOS



Data: 2017-05-04

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família