Início > Artigo > Cooperação com a Líbia prioritária no combate à imigração clandestina na Europa



Cooperação com a Líbia prioritária no combate à imigração clandestina na Europa


Em 2016, 181.100 migrantes chegaram a Itália por mar, segundo dados da Agência Europeia de Guarda de Fronteiras e Costeira (FRONTEX), no que foi considerado um valor recorde.

Em Dezembro último, mais de 8.200 pessoas, sobretudo da Nigéria, Costa do Marfim e Guiné, acorreram àquele destino, o que representou uma diminuição de 40% face ao mês anterior, especialmente devido a difíceis condições meteorológicas no Mediterrâneo Central.

Outro dos principais destinos dos migrantes em 2016 continuou a ser a Grécia, onde chegaram 175 mil pessoas por via marítima, especialmente às ilhas do Mar Egeu. Segundo a FRONTEX, só 10% chegaram depois de Março.

A agência esclarece também que a pressão migratória sobre a Grécia diminuiu depois da implementação do acordo entre a União Europeia (UE) e a Turquia, em Março de 2016, passando o Mediterrâneo Central a ser a principal rota da imigração clandestina para a Europa.

Em Dezembro, as ilhas gregas do Mar Egeu receberam pouco mais de 1.600 migrantes, menos 28% do que em Novembro e menos 2% do que em Dezembro de 2015. Maioritariamente, esses migrantes eram naturais da Argélia, Síria e Afeganistão.

Entretanto, na declaração conjunta dos 28 chefes de Estado e de Governo dos países da UE que se reuniram informalmente em Malta no dia 3 de Fevereiro, foi assumido o compromisso de agir “para reduzir significativamente o fluxo migratório clandestino no Mediterrâneo central”, refere o Governo português.

Nesse sentido, uma das medidas a tomar será o eventual reforço da cooperação com a Líbia, “o que implica apoiar os esforços para estabilizar o país que viveu um período de desorganização do Estado após o conflito interno que se iniciou em 2014”, refere o Governo português.

Tal cooperação deverá passar pelo treino da guarda costeira líbia e de “outras forças de segurança relevantes” e pela intensificação de esforços no combate à imigração ilegal e ao tráfico de pessoas.

Para esse objectivo, a União Europeia adiantará alguns recursos, tendo a Comissão Europeia avançado com um primeiro pacote de apoio financeiro de 200 milhões de euros para 2017, destinado ao Norte África, no qual a Líbia será destinatário prioritário.

fonte


VEJA UMA PLAYLIST COM DEZENAS DE VÍDEOS DO LOBITO, CATUMBELA E BENGUELA, CLICANDO NA IMAGEM

Lobito 2013 NO FACEBOOK - CENTENAS DE FOTOS E VÍDEOS



Data: 2017-02-15

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012