Início > Artigo > Cientistas descobrem peixe que consegue reconhecer e recordar rostos



Cientistas descobrem peixe que consegue reconhecer e recordar rostos


Apesar dos peixes serem considerados seres não muito inteligentes, um peixinho tropical mostrou que talvez estes vertebrados aquáticos não são assim tão “inúteis”.

Um novo estudo da Universidade de Oxford, no Reino Unido, em parceria com a Universidade de Queensland, na Austrália, descobriu que o Toxotes jaculatrix consegue distinguir rostos humanos.

Esta espécie, também conhecida por “peixe arqueiro”, pode ser encontrada em países como a Indonésia, a Austrália e a Papua-Nova Guiné. Esta é a primeira vez que tal capacidade foi observada neste tipo de animal.

De facto, investigações anteriores tinham mostrado que alguns animais – como cavalos, vacas, cães e até pombos – conseguiam concluir essa tarefa com sucesso.

mais detalhes


VEJA UMA PLAYLIST COM DEZENAS DE VÍDEOS DO LOBITO, CATUMBELA E BENGUELA, CLICANDO NA IMAGEM

Lobito 2013 NO FACEBOOK - CENTENAS DE FOTOS E VÍDEOS



Data: 2016-07-14

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)