Início > Artigo > Academia de pescas em Angola terá gestão público-privada



Academia de pescas em Angola terá gestão público-privada


A futura Academia de Pescas e Ciências do Mar do Namibe, em construção no sul de Angola com o apoio da Polónia, vai funcionar num regime de parceria de gestão público-privada, segundo decisão governamental.

Distribuída por seis edifícios já construídos e com capacidade para receber cerca de 500 alunos, a academia terá cursos superiores em áreas de eletricidade, eletrónica, gestão costeira, navegação, exploração de portos e frotas, computação, desenho técnico, processamento de pescado, aquicultura, oceanografia, entre outros, informa a agência Lusa.

A Academia de Pescas e Ciências do Mar do Namibe foi formalmente criada por despacho presidencial de 18 de maio deste ano, sendo justificada no documento com a aposta angolana no desenvolvimento do setor pesqueiro nacional.

O mesmo despacho define que esta instituição será gerida pelos ministérios do Ensino Superior e das Pescas, este último autorizado a "selecionar as entidades empresariais públicas e privadas com idoneidade técnica e financiar para participar" na sua "gestão e financiamento", num modelo de "Parceria Público-Privada".

A Polónia está já a dar formação aos primeiros 20 professores angolanos que vão ministrar aulas nesta academia, obra lançada em 2008. O próximo ano letivo em Angola arranca em março de 2017.

fonte


VEJA UMA PLAYLIST COM DEZENAS DE VÍDEOS DO LOBITO, CATUMBELA E BENGUELA, CLICANDO NA IMAGEM

Lobito 2013 NO FACEBOOK - CENTENAS DE FOTOS E VÍDEOS



Data: 2016-06-07

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)