Angola

ANGOLA

Servišo de cabotagem em Cabinda arranca este ano

A província de Cabinda contará, a partir deste ano, com o serviço de cabotagem de passageiros e carga, disse nesta segunda-feira o ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida.

Para o efeito, referiu que estará disponível o terminal marítimo de passageiros e carga para apoiar o serviço de cabotagem, o que contribuirá para circulação das pessoas e uma maior facilidade da chegada dos produtos a Cabinda e a consequente diminuição de preços.

Ao falar em Cabinda no acto central alusivo às celebrações do início da Luta Armada de Libertação Nacional, assinalado segunda-feira, o ministro lembrou que já vigora na província o regime tarifário especial, o que permitiu aumentar a frequência de voos das várias companhias que operam em Cabinda.

Disse que os projectos de construção do Porto do Caio e a nova aerogare do aeroporto Maria Mambo Café, também vão merecer atenção do Executivo durante o ano em curso, pois há um empenho na mobilização de recursos financeiros para tornar possíveis e viáveis a execução desses projectos.

Adão de Almeida lembrou que Cabinda terá uma refinaria, com capacidade para processar 60 mil barris/dia, cujas obras arrancam este ano e terminam em 2022.

Estão já assinados contratos de concessão de terrenos e para a sua construção esperando-se que a refinaria de Cabinda esteja concluída antes de 2022.