Início > Moçambique

Porto de Maputo perto de estar apto a receber navios de até 85 mil toneladas

Estão quase terminadas as dragagens no Porto de Maputo, em Moçambique. Quando, em Fevereiro, estiverem concluídos os trabalhos em curso desde Maio, o porto da capital moçambicana poderá passar a receber navios de até 85 mil toneladas, segundo o responsável pelo projecto, Paulo Mata.

Moçambique, Zimbabué e Botsuana preparam construção de ferrovia com 1.700 quilómetros

Os governos de Moçambique, Botsuana e Zimbabué assinaram um acordo de parceria para a construção de uma linha de caminho-de-ferro com uma extensão de mais de 1.700 quilómetros, passando pelos três países para facilitar o comércio.
O documento foi assinado em Bulawayo, no Zimbabué, pelos ministros dos Transportes e Desenvolvimento de Infra-estruturas do Zimbabué, Joram Gumbo, dos Transportes e Comunicações de Moçambique, Carlos Alberto Mesquita e dos Minerais, Energia e Recursos Hídricos do Botsuana, Onkokane Kitso Mokaila.

MOÇAMBIQUE

Ministério do Mar quer impulsionar actividade marítima

O Ministro do Mar, Águas interiores e Pescas, Agostinho Mondlane, defendeu, em Maputo, a necessidade urgente de se explorarem as potencialidades marítimas com vista a contribuir para o desenvolvimento do país.
Para o efeito, Agostinho Mondlane disse que será lançada uma consulta pública para a elaboração de uma política marítima, de modo a nortear as actividades do sector numa altura em que tem sido assolado por pesca ilegal e pirataria.

MOÇAMBIQUE

Cabotagem passa a ser permitida também a armadores estrangeiros

Um novo decreto-lei aprovado pelo governo de Moçambique permite que os armadores estrangeiros possam também eles operar no serviço de cabotagem no país. "Estão criadas as condições para a revitalização dos serviços de cabotagem marítima no território moçambicano", afirmou o ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, em declarações à imprensa, no final da sessão do Conselho de Ministros.
A entrada em vigor da norma, prosseguiu Mesquita, vai permitir a criação de um sistema integrado de transporte marítimo em Moçambique, proporcionando a dinamização da economia.

MOÇAMBIQUE

CFM vende lote da acções da Corredor Logístico Integrado de Nacala

Em Moçambique, a Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique (CFM) vendeu um lote das acções que detinha na Corredor Logístico Integrado de Nacala (CLN), encaixando 106 milhões de dólares. O anúncio foi feito pelo ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, que disse ainda que a estatal se mantém no capital da CLN e que o encaixe conseguido com a venda do lote de acções vai permitir melhorar a tesouraria da empresa e viabilizar alguns projectos que estão em carteira.

MOÇAMBIQUE

Corredor de Desenvolvimento de Nacala recebe 100 novos vagões

A capacidade de transporte por via ferroviária da Corredor de Desenvolvimento do Norte (CDN) vai ser aumentada com a entrada em operação de cem vagões, destinadas sobretudo ao transporte de cereais. A confirmação foi dada pelo porta-voz da CDN, o qual acrescentou que os vagões, com uma capacidade de 54 toneladas cada, foram comprados na vizinha África do Sul, num investimento próximo de 11 milhões de dólares.

MOÇAMBIQUE

Expansão do terminal de carvão da Beira entregue a consórcio

O governo de Moçambique entregou em concessão à empresa New Coal Terminal Beira (NCTB) o projecto de expansão do terminal de carvão do porto da Beira, afirmou Ambrósio Sitoe, porta-voz do Ministério dos Transportes e Comunicações.
O porta-voz disse que a expansão daquele terminal visa acompanhar o aumento da capacidade de transporte de 6,5 milhões para 20 milhões de toneladas/ano da linha de caminho-de-ferro do Sena, que liga Moatize, província de Tete, ao porto da Beira, província de Sofala.

MOÇAMBIQUE

Governo e operadores marítimos acordam condições para reestabelecer cabotagem marítima

O Governo e operadores marítimos acordaram hoje as condições iniciais para reestabelecer a cabotagem marítima. Os acordos vaticinam vários estímulos aos operadores que incluem a redução de taxas de prestação de serviços em 40%. Foram no total quatro memorandos de entendimento assinados entre o Governo, representado pelo Ministro dos Transporte e Comunicações, Carlos Mesquita, e os operadores portuários privados.

MOÇAMBIQUE

Porto da Beira amplia capacidade para abastecer África Austral em alimentos

O segundo maior porto de Moçambique está a preparar-se para receber quantidades adicionais de milho que estão a ser procurados pelos países da região sem contacto com o mar (hinterland) para cobrir a insuficiência causada pela seca. Num artigo agora publicado, a agência financeira Bloomberg cita o gerente comercial da Cornelder Moçambique, Jan de Vries, como tendo revelado que a carga adicional de milho a ser procurada na região “é uma oportunidade de negócio, mas devido à natureza humanitária, o Porto da Beira concordou em aplicar taxas concessionais especiais para o milho”.

MOÇAMBIQUE

CFM moderniza ponte sobre Umbeluzi para colher mais rendimentos

A Linha de Goba, que liga Porto de Maputo a Swazilândia, vai contar, nos próximos meses, com mais uma ponte melhorada. Trata-se da infra-estrutura a ser erguida no rio Umbeluzi, distrito de Boane, na província de Maputo, a qual vai permitir maior circulação de comboios naquela região e, portanto, de bens e serviços que garantam a empresa pública colher mais rendimentos. Para o efeito, os Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM) efectuaram já o lançamento incremental do tabuleiro na ponte.

MOÇAMBIQUE

Construção de porto e de ferrovia no centro do país vai custar cerca de US$ 3 biliões de dólares

A construção do porto de águas profundas de Macuse e da linha férrea, entre Moatize, em Tete, até Sopinho, na Zambézia, no centro de Moçambique, numa extensão de 500 quilómetros, vai custar cerca de 3 biliões de dólares. Ao anunciar o facto em Quelimane, Abdul Carimo Isá, presidente do Corredor de Desenvolvimento da Zambézia (CODIZA) disse que as obras deverão iniciar-se no primeiro trimestre do próximo ano, informa a agência AIM.

Acesso ao Porto da Beira, Moçambique, foi reaberto

A navegação no canal de acesso ao porto da Beira foi retomada depois da draga Macúti ter sido removida, informa o director provincial dos Transportes e Comunicações de Sofala, Hélcio Canda. A Macúti, a maior draga oceânica de Moçambique, com 82 metros de comprimento e 16 de largura e capacidade para armazenar 2500 metros cúbicos de sedimentos, estava em vias de se afundar na sequência de uma colisão com um navio porta-contentores.

MOÇAMBIQUE

Assinado contrato para dragagem do Porto de Maputo

A dragagem do canal de acesso ao porto de Maputo para permitir a entrada de navios até 80 mil toneladas de arqueação bruta deve iniciar-se nos próximos dias, tendo o respectivo contrato já sido assinado, escreve o jornal Domingo. O contrato, que representa um custo de 100 milhões de dólares para uma empreitada de dez meses, foi assinado entre a Sociedade de Desenvolvimento do Porto de Maputo e a Jan de Nul Dredging Middle East FZE, uma empresa de dragagem com sede no Dubai, Emirados Árabes Unidos, do grupo familiar Jan de Nul, com sede financeira no Luxemburgo.

MOÇAMBIQUE

JUE confere maior eficiência aduaneira

O DIRECTOR-GERAL das Alfândegas de Moçambique, Aly Mallá, considerou que a Janela Única Electrónica (JUE), o primeiro serviço online do País veio conferir maior eficiência na tramitação de processos aduaneiros, o que permitiu a libertação dos funcionários do manuseamento de papéis para acções mais sistemáticas de controlo de risco.
Para Mallá, com a implementação deste sistema de gestão do processo de desembaraço de mercadorias, há cinco anos, as Alfândegas de Moçambique não só elevaram a capacidade de colecta como também de segurança da receita arrecadada, que passou a ir directamente dos bancos comerciais para o Tesouro.

Transitex oferece novo serviço LCL que ligará a China e Moçambique

No dia 20 de Maio, a Transitex emitiu uma nota divulgando que passará a oferecer um novo serviço LCL (Less than Container Load/carga de grupagem) que conectará a China e Moçambique, procedendo assim a um alargamento da sua oferta, que, como ressalva a empresa, " já incluía saídas regulares de Portugal para o Brasil, Angola e Moçambique". A próxima saída dar-se-á no próximo dia 6 de Junho.

MOÇAMBIQUE

Porto de Nacala recebe rebocadores para manobrar navios de grande porte

O Porto de Nacala acaba de receber dois novos rebocadores de apoio portuário modernos de alta tecnologia com objectivo de potenciar as operações marítimas, para além de permitir a manobra de navios com a capacidade de transportar mais de 210 mil toneladas. Este material é resultante do acordo rubricado entre Corredor de Desenvolvimento do Norte e uma empresa holandesa que opera na área portuária a nível daquele país europeu.

MOÇAMBIQUE

CFM realiza campanha de testagem em saúde em Sofala

O CFM, em coordenação com a ECOSIDA, promoveu uma campanha de aconselhamento e testagem em saúde, no âmbito da implementação das acções do bem-estar no local de trabalho e combate a varias doenças inclusive HIV e SIDA. A actividade foi direccionada as estações ferroviárias de Muanza, Inhaminga, Marromeu, Caia, Sena, Ponte Dona Ana e à direcção Executiva CFM- Centro.

MOÇAMBIQUE

Inspecção do Trabalho escala sector portuário

A INSPECÇÃO-GERAL do Trabalho (IGT) iniciou, em todo o país, uma campanha de fiscalização ao sector portuário, com vista a conferir o cumprimento da legalidade laboral nos locais de manuseamento de carga e das condições de higiene e segurança no trabalho (HST).
A campanha, com a duração de um mês, compreenderá o controlo dos planos de prevenção primária de acidentes de trabalho e doenças profissionais, a sinalização dos perigos e programas de indução, no quadro da legislação em vigor.

IMO promove segurança marítima em Moçambique

A segurança marítima foi um dos temas em destaque num exercício que decorreu em Maputo, nos dias 5 e 6 deste mês, sob os auspícios da IMO, com o objectivo de avaliar o potencial de Moçambique para desempenhar funções de defesa costeira.

MOÇAMBIQUE

Governo alarga por dois anos período de pagamento da dívida da EMATUM

O Conselho de Ministros anunciou, dia 5, o fecho da reestruturação da dívida contraída para financiar a operação da Empresa Moçambicana de Atum (EMATUM). O novo acordo fechado com os credores alarga por mais dois anos o período de pagamento da dívida e reduz o valor anual de amortização.

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012