Início > Moçambique

Ilha de Moçambique aprova projecto «Solução Participada para Plásticos Marítimos»

A ilha de Moçambique, através da cooperação portuguesa, acaba de aprovar recentemente o projecto “Solução Participada para Plásticos Marítimos”, que será implementado de 2021 a 2023 na Ilha, cidade membro da UCCLA.

Apresentado a concurso pela URB-África e UCCLA, o projeto contou com a cooperação e parceria solidária da Associação de Pequenos Empresários de hotelaria e turismo (APETUR) da Ilha de Moçambique, CAIRIM da Universidade Eduardo Mondlane, Conselho Autárquico da Ilha de Moçambique, Ensaios e Diálogos Associação, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - UniLúrio e OIKOS - Cooperação e Desenvolvimento.

MOÇAMBIQUE

Porto da Beira com 46% de aumento de carga manuseada em 2020

O Porto da Beira, no centro de Moçambique, aumentou em 46% o volume de carga manuseada em 2020, para cerca de 3,1 milhões de toneladas, um desempenho influenciado pela subida das importações de fertilizantes.

As compras no exterior de clínquer, matéria-prima usada no fabrico de cimento, por parte de Moçambique, também impulsionaram os resultados que o porto alcançou em 2020.

TIAGO MARTINS, TRANSITEX:

Moçambique «continua a ser dos melhores destinos de investimento»

O ano virou e a Transitex veio, pela voz de Tiago Martins, abordar o desenvolvimento da aposta da empresa em terras moçambicanas. O negócio em Moçambique vai de vento em popa apesar das dificuldades e da imprevisibilidade semeada pela pandemia de COVID-19. Depois de um 2020 positivo, a Transitex quer, em 2021, « fortalecer ainda mais» a sua posição neste mercado, garantiu o líder da empresa em Moçambique.

Economistas preveem ganhos a longo prazo da zona de Comércio Livre africana

O economista João Mosca diz que os ganhos da Zona de Comércio Livre continental africana, que vigora desde dia 1, serão a longo prazo. Diz também que para Moçambique, a maior vantagem será nas importações. Já Luís Magaço defende que este acordo vai garantir maior fortalecimento das economias e maior mercado para os produtos.

MATOLA, MOÇAMBIQUE

Filipe Nyusi inaugura Terminal Logístico de Combustíveis Líquidos

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, inaugurou o Terminal Logístico de Combustíveis Líquidos, no Município da Matola, província de Maputo.
Trata-se de uma infra-estrutura moderna que garante armazenagem e manuseamento de combustíveis líquidos e gás, com um custo de 100 milhões de dólares e capacidade de armazenamento de 60 mil metros cúbicos de combustíveis líquidos e igual quantidade de gás.

MOÇAMBIQUE

Miguel Matabel empossa novo Director Executivo Norte e novo Director do Porto de Nacala

O Presidente do Conselho de Administração da Empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM), Eng. Miguel Matabel, empossou recentemente dois novos quadros, no âmbito do processo de renovação e alinhamento dos diferentes níveis de gestão, com vista a melhorar, cada vez mais, a capacidade de resposta aos novos desafios impostos pelo mercado.

MOÇAMBIQUE

Zambézia relança produção de camarão em cativeiro

MAIS de 5 milhões de dólares norte-americanos estão a ser investidos no relançamento da produção de camarão em cativeiro no distrito de Inhassunge, na província da Zambézia.

A retomada da produção do camarão em cativeiro está a ser acompanhada pela introdução de novas técnicas visando o aumento da produção e produtividade, redimensionamento da infraestrutura e transferência de tecnologias para as comunidades locais e instituições de ensino superior.

Negociações tarifárias atrasam adesão de Moçambique ao protocolo do Mercado Livre em África

Moçambique poderá avançar em 2021 com o processo de adesão ao projecto da Zona de Comércio Livre da SADC.

A informação foi avançada pelo Ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, que representou o Presidente da República, Filipe Nyusi, na 13ª sessão extraordinária da Conferência dos Chefes de Estado e de Governos da União Africana, sobre a Zona de Comércio Livre Africana.

ZAMBÉZIA, MOÇAMBIQUE

Obras do porto de Macuse arrancam em 2021

De sonho à realidade. É já em 2021 que arrancam as obras de construção do porto de Macuse, na província da Zambézia. A garantia saiu da Conferência Internacional realizada no distrito de Mocuba.

Durante a apresentação sobre o ponto de situação do complexo ferro-portuário Chitima-Macuse, o PCA da Thai Moçambique Logística fez saber que o referido complexo portuário de Macuse está estimado em pouco mais de 3.2 biliões de dólares norte-americanos.

MOÇAMBIQUE

Ferrovia com corte de 40% de carvão para porto de exportação de Nacala

A pandemia de COVID-19, aliada às fortes restrições impostas pelos governos, provocou, no decorrer do terceiro trimestre do ano, um drástico corte homólogo de 40% no carvão transportado por ferrovia das minas de Tete para o Porto de Nacala, situado no Norte de Moçambique.

Prevista reabilitação da via Moçambique-Malawi através da Linha de Sena

A comunicação ferroviária entre Moçambique e Malawi, através da Linha de Sena pelo ramal Mutarara-Vila Nova de Fronteira e Vila Nova da Fronteira-Bangula, poderá ser finalmente efectivada até Setembro de 2021.

MOÇAMBIQUE

Porto da Beira vai escoar maior carga do Malawi

O Porto da Beira está em condições de manusear, em dois meses, o record da carga do Malawi dos últimos anos, designadamente cerca de 180 mil toneladas de fertilizantes, segundo garantias dadas neste sentido pela Cornelder de Moçambique, entidade gestora daquele recinto.

Jan d'Vries, Administrador-delegado da Cornelder de Moçambique (gestora do Porto da Beira) que falava ao Jornal Notícias durante uma visita de trabalho do Ministro dos Transportes e Obras Publicas do Malawi, Sidik Mia, sublinhou que sua instituição tem alta experiência de logística neste domínio.

Moçambique e Malawi acordam dinamizar transporte de carga

A cooperação bilateral entre Moçambique e Malawi vai ser cada vez mais reforçada no transporte de mercadorias, através dos Portos da Beira e Nacala, sobretudo no escoamento de 255 mil toneladas de fertilizante.

O entendimento foi alcançado depois de prolongadas negociações, na Beira, pelas delegações dos dois países chefiadas pelos respectivos Ministros dos Transportes.

AUGUSTA MAÍTA:

Pesca sustentável ainda é um «desafio muito grande» no país

A Ministra do Mar, Águas Interiores e Pescas concedeu uma entrevista à plataforma MOZGROW sobre o tema “Pesca sustentável”. Augusta Maíta falou dos desafios na área da pesca artesanal – a que mais contribui na produção global – fez menção à discordância entre alguns dados estatísticos no sector. A governante afirmou que a perspectiva é crescer como sector de produção e ser relevante, sem comprometer a sustentabilidade dos recursos pesqueiros. Todavia, há que admitir que prevalecem desafios “muito grandes”.

MOÇAMBIQUE

90% da produção global provém do sector artesanal

Moçambique prevê produzir, em 2020, 461 toneladas de pescado diverso, das quais 416 provêm da pesca artesanal.

A informação foi partilhada pela ministra do Mar, Águas Interiores e Pescas, Augusta Maíta. Aconteceu no programa “Cartas na Mesa” da Rádio Moçambique, que abordou os desafios do sector para o presente quinquénio e o grau de implementação das medidas de prevenção da Covid-19.

MOÇAMBIQUE

Porto de Maputo manuseou valor record de carga em 2019

O Porto de Maputo manuseou um valor record de 21 milhões de toneladas de carga em 2019, número que representa um crescimento de cerca de 8% face a 2018, anunciou o Ministério dos Transportes e Comunicações.

O porto contribui com mais de 40% da carga manuseada pelo país que serve de entreposto para os países vizinhos da África Austral, nomeadamente a África do Sul, a cerca de 100 quilómetros da capital moçambicana.
 

Barcos registados na Rússia, Panamá e Seychelles no roubo de pescado moçambicano, dizem as autoridades

Moçambique perde, anualmente, cerca de 60 milhões de dólares, devido à pesca ilegal, praticada, maioritariamente, por embarcações registadas na Rússia, Panamá e Seychelles, e que, segundo as autoridades, capturam os recursos ainda em fase de crescimento.

MOÇAMBIQUE

MPDC E CMM assinam memorando para reabilitação da Baixa de Maputo

A MPDC assinou um Memorando de Entendimento com o Conselho Municipal de Maputo para a reabilitação de algumas zonas circundantes ao Porto de Maputo.

Está incluída neste memorando a reabilitação do passeio da cintura portuária que vai desde o Terminal de Cabotagem à Praça dos Trabalhadores, os sanitários da Praça dos Trabalhadores, o passeio da Av. Zedequias Manganhela que irá acolher o novo terminal rodoviário, bem como a zona adjacente ao Portão 1, junto ao bairro Luís Cabral.

MOÇAMBIQUE

Pesca de camarão e caranguejo: Reforçada fiscalização para desencorajar violação da veda

O MINISTÉRIO do Mar, Águas Interiores e Pescas (MMAIP) vai reforçar a fiscalização durante o período de vigência da veda e defeso da pesca do camarão e caranguejo, com vista a desencorajar práticas qu eviolem o interregno, que se inicia este mês. O facto foi revelado recentemente pelo Director Nacional de Operações no MMAIP, Leonid Chimarizene, que garantiu que o pelouro está preparado para garantir que haja uma fiscalização efectiva.

MOÇAMBIQUE

Porto da Beira recebe primeiro navio de pesca após reabilitação

  Após reconstrução, o maior porto de pesca de Moçambique, na cidade da Beira, capital da província de Sofala, recebeu recentemente o primeiro navio de pesca, um barco que transportava 500 toneladas de carapau, avança o Jornal Notícias.
Segundo o diário moçambicano, o Director do Porto de Pesca da Beira, António Remédio, disse que a embarcação, com 119 metros de comprimento e 4,7 metros de calado, atracou e zarpou sem quaisquer contratempos.

 Vídeo

Sobrevoando a Restinga e a cidade do Lobito (Angola)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Francisca Chambal

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Robledo Gioia

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Sandra Augusto

 VI CONGRESSO DA APLOP - Abertura do Painel I - Lídia Sequeira

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Adriano Rosamonte

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Augusto Fernando Cabi

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Madalena Neves

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Fernando Nunes da Silva

 Congresso Intercalar Portos CPLP - Rio de Janeiro – Domingos Fortes (1)

 “EXPERIÊNCIA DO PORTO DE LEIXÕES NA FORMAÇÃO PORTUÁRIA”- Matos Fernandes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP – Menção Honrosa a Lima Torres

 IV Encontro de Portos da CPLP - Sessão de encerramento - Franklim Spencer

 “GEOPOLÍTICA DO MAR” - Carlos Manuel Mendes Dias (1)

 Novo Porto do Dande - Domingos Fortes (1)

 IV Encontro de Portos da CPLP - Franklin Spencer

 «Há muito potencial de crescimento nas relações comerciais Portugal/Brasil» (1)

 Porto de Luanda - 1955

 III Encontro de Portos da CPLP - Adalmir José de Sousa

 III Encontro de Portos da CPLP – Apresentação da Mesa de Honra

 III Encontro de Portos da CPLP - Estudo de mercado - (13) – Debate

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)