Início > Notícias

+ 3,1%

Canal do Suez foi local de passagem para 264,8 milhões de toneladas até Abril

Nos primeiros quatro meses do ano, o Canal do Suez foi atravessado por um total de 264,8 milhões de toneladas, valor que representa um crescimento de 3,1% face ao mesmo período de 2014. No primeiro quadrimestre, o Canal foi atravessado por 5.510 navios, mais 2,1% que os 5.396 no período homólogo do ano passado. Do total movimentado pelo Canal, 133,6 milhões de toneladas fizeram rotas Norte-Sul (+3,2%), enquanto que 131,2 milhões foram de rotas Sul-Norte (+2,9%).

Canal do Panamá com novas tarifas em Abril de 2016

O Governo do Panamá aprovou uma nova tabela de tarifas de utilização do Canal do Panamá, que entrarão em vigor em Abril de 2016. As novas 'portagens' estão definidas consoante o tipo de navio, de carga e suas dimensões. Assim, os navios graneleiros terão tarifas de utilização do Canal consoante a sua tonelagem deadweight e as suas toneladas métricas de carga. Já os navios porta-contentores pagarão mais ou menos consoante o número de TEU's. Quanto aos navios de GNL e GPL serão tarifados pelos metros cúbicos.

NATO crucial para travar pirataria no Golfo da Guiné

Há um preocupante aumento de incidentes relacionados com pirataria marítima no Golfo da Guiné, algo que preocupa a comunidade internacional. Porém, a intervenção da NATO na região tem sido notória e é vista como "crucial" para países que vivem muito à custa do negócio do petróleo. A NATO tem enviado militares e equipamentos para reforçar a segurança marítima na região.

NATO crucial para travar pirataria no Golfo da Guiné

Há um preocupante aumento de incidentes relacionados com pirataria marítima no Golfo da Guiné, algo que preocupa a comunidade internacional. Porém, a intervenção da NATO na região tem sido notória e é vista como "crucial" para países que vivem muito à custa do negócio do petróleo. A NATO tem enviado militares e equipamentos para reforçar a segurança marítima na região.

Como esticar um navio

É um corte-e-cose num objeto improvável: durante 70 dias, uma empresa de cruzeiros (a MSC) fez crescer em 24 metros um dos seus quatro navios. O “Armonia”, tal como se chama, passou a ter 275 metros em vez dos 251 com que transpôs inicialmente os mares desse mundo. Cresceu em comprimento, em peso e em capacidade de passageiros – está pronto para experimentar três mil pessoas em simultâneo. Fomos ver como isto aconteceu – “isto”, diga-se, é esticar um navio. Literalmente.

Contentores com peso verificado a partir de 2016

No final de 2014, a International Maritime Organization (IMO) aprovou alterações à Convenção Safety of Life at Sea (SOLAS) que vão exigir que cada contentor de exportação tenha peso verificado como condição para carregamento a bordo de um navio. O requisito será vinculativo para entrar em vigor no dia 1 de julho de 2016.

2014

China tem o menor crescimento económico em 24 anos

O PIB chinês cresceu 7,4% em 2014, menor percentual em 24 anos, e pela primeira vez em 16 anos não alcançou a meta estabelecida pelo Governo, que era de 7,5%. A segunda economia do mundo – e que neste ano ultrapassou os Estados Unidos como a maior economia por paridade de poder de compra, segundo cálculos do Fundo Monetário Empresarial (FMI) – não crescia a um ritmo tão lento desde 1990, quando sofria sanções internacionais por causa da repressão ao movimento pró-democracia da praça Tiananmen.

China/ países de língua portuguesa: Negócios continuam a ganhar visibilidade

A REABERTURA do caminho-de-ferro de Benguela, em 2014, ficará como obra emblemática da China em Angola, mas também como símbolo de um ano em que a relação entre aquele país asiático e os países de língua portuguesa continuou a ganhar velocidade. Os laços chineses com Angola, Moçambique ou Cabo Verde passam por Macau e por Portugal, que em 2014 viu elevar a 10 mil milhões de euros o investimento chinês no país, com vários novos negócios em perspectiva para 2015, agora no sector financeiro.

CEDEAO: Tarifa Externa Comum entra em vigor no dia 1 de Janeiro

Entra em vigor quinta-feira, 1 de Janeiro de 2015, a Tarifa Externa Comum (TEC) da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO). A medida foi aprovada em Abuja, Nigéria, após nove anos de negociações. Cabo Verde, tendo em conta a sua especificidade, precisará de alguns apoios para implementar a TEC.

Portugal assegura melhor acesso dos seus produtos ao porto de Xangai

Portugal assinou em Xangai dois acordos de cooperação com entidades locais de logística e transportes para "melhorar o acesso" de produtos portugueses ao maior porto da China.
"O objetivo é facilitar a vida dos nossos exportadores para a China, nomeadamente no setor agroalimentar", disse à agência Lusa o administrador da AICEP (Agência para a Promoção do Investimento e Comércio Externo de Portugal), Pedro Ortigão Correia, que subscreveu os referidos acordos.

Países do Golfo da Guiné reclamam coordenação na luta contra a pirataria

Um ano após o compromisso para acabar com a pirataria no Golfo da Guiné, os países da região continuam à procura de soluções para coordenar as ações de combate. A situação ao largo de toda a costa que se prolonga do Senegal até Angola é neste momento mais preocupante do que no Golfo de Aden.

Entrada da Guiné Equatorial e presidência em Timor «empurram» CPLP para os negócios

A adesão da Guiné Equatorial e a presidência, pela primeira vez, por um país asiático marcaram, este ano, uma mudança de rumo da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa (CPLP), cada vez mais focada na cooperação económica e empresarial.

Congo quer cooperação brasileira para desenvolver infraestruturas e transporte fluvial

O governo congolês pretende estabelecer acordos de cooperação com o Brasil para o desenvolvimento de infraestruturas e do transporte fluvial, anunciou, em Brazzaville, a capital do Congo, o vice-ministro congolês para as Vias Navegáveis e Economia Fluvial, Gilbert Mokoki.

Comércio marítimo mundial cresce 3,8% em 2013

O comércio marítimo mundial subiu em média apenas 3,8% em 2013, a refletir o crescimento "cambaleante" da economia global, segundo relatório da Unctad - Conferência da ONU sobre Comércio e Desenvolvimento. O volume total chegou a cerca de 9,6 mil milhões (bilhões) de toneladas. Esta taxa de crescimento foi menor do que a observada durante qualquer um dos dez anos anteriores. Dados no início de 2014 sugerem um aumento ainda menor neste ano.

Os países que se estão a afundar

Alguns estados e territórios insulares parecem ter os dias contados devido às mudanças climáticas. No Pacífico, onde se concentra a maioria, multiplicam-se alarmes e planos de contingência.
 

África concentra esforços nos transportes

Representantes do Governo de Cabo Verde, Guiné-Bissau e Angola reconheceram, em Cascais, a necessidade de apostarem numa melhor rede de transportes para o desenvolvimento territorial e crescimento económico dos seus países.

Preços de matéria-prima exportada asseguram crescimento de África

Os preços das matérias-primas mantêm-se muito importantes para as perspectivas de África, conclui a mais recente análise bianual das questões que definem as perspectivas económicas de África, Africa’s Pulse.
“As matérias-primas primárias continuam a representar três quartos da totalidade de exportações de bens da África Sub-sahariana, e a quota das cinco principais exportações da região subiu para 60 por cento em 2013, quando era de 41 por cento em 1995”, indica o relatório divulgado pelo Banco Mundial.

Investimento português nos PALOP e Timor-Leste caiu 78% no ano passado

Os investidores portugueses colocaram um travão a fundo no dinheiro que aplicaram em projectos nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e Timor Leste em 2013. No ano passado, o investimento directo bruto de Portugal nestes países caiu para 246 milhões de euros, menos 78% face a 2012 (quando foram aplicados 1112 milhões de euros).

Golfo da Guiné necessita de reforço no combate à pirataria

A delegação angolana à Cimeira EUA/África advogou em Washington a necessidade de reforço da cooperação internacional no combate a pirataria. Este facto vista garantir a segurança na navegação marítima no Golfo da Guiné. O posicionamento foi vincado pelo Vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente, no painel sobre “Paz e Estabilidade Regional”, do fórum, no qual representou o Chefe de Estado, José Eduardo dos Santos.

CPLP quer medidas impulsionadoras do turismo nos Estados membros

Esta uma das conclusões do primeiro workshop sobre turismo da CPLP - Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, que decorreu em Luanda. Entre várias medidas, os participantes do workshop recomendam aos Estados membros a aplicação de medidas que impulsionem o turismo e que se vocacionem para a alteração da legislação migratória. Recomendam igualmente que os países que integram a CPLP se unam com o objectivo de atingirem um maior desenvolvimento turístico.

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família