Início > Notícias

Cinco navios de GNL por semana vão cruzar o Canal do Panamá

20 milhões de toneladas de gás natural liquefeito (GNL) por ano, é quanto o Panamá estima que seja transportado no seu canal, após a abertura da nova passagem aquaviária mais larga, com abertura prevista ainda para este mês. Este número quase que equivale a um navio-tanque de gás, por dia, segundo cálculos da Bloomberg.

A Europa precisa de crescer para o Atlântico

Apesar do séc. XXI ser considerado o século do Pacífico, o presidente da IPDAL (Instituto para a Promoção e Desenvolvimento da América Latina) acredita que o Atlântico pode ser um grande oceano do comércio e que Portugal pode desempenhar um papel central na triangulação América Latina-Europa-África.

Países da África Austral, Oriental e Oceano Índico adoptam nova estratégia para segurança marítima

Ministros e altos representantes de países da África Oriental e Austral e do Oceano Índico (AFOA-OI) adoPtaram a "Declaração de Djibuti" sobre segurança marítima regional. De acordo com comunicado divulgado, a Comissão do Oceano Índico (COI) indica que a "Declaração de Djibuti" recorda todas as ações conduzidas a favor da segurança marítima desde a segunda reunião ministerial das ilhas Maurícias, em 2010, e deu orientações da ação regional para os próximos anos.

 

Macau deve aproveitar a oportunidade da iniciativa «Uma Faixa Uma Rota», defendem académicos

Macau e os países de língua portuguesa podem beneficiar da iniciativa chinesa “Uma faixa, uma rota” (OBOR, na sigla em inglês), de acordo com especialistas e académicos reunidos numa conferência realizada em Macau. Organizada pela Universidade Cidade de Macau, Instituto de Estudos Europeus de Macau (IEEM) e Associação da Rota Marítima da Seda (Macau), a conferência teve por objectivo discutir as implicações da OBOR, nomeadamente ao nível de oportunidades de investimento nos países de língua portuguesa e o papel de Macau na iniciativa.

Dívida da CPLP atinge 81% do PIB até Dezembro

ANGOLA e Moçambique são os países lusófonos mais preocupados com os níveis de dívida pública, mas é o Brasil o único que pode ter um sério impacto económico mundial em caso de incumprimento financeiro. A dívida pública dos países lusófonos deverá chegar ao final do ano a valer, em média, mais de 81% do total da riqueza produzida em cada país, numa lista liderada por Portugal e Cabo Verde.

PORTUGAL

Azorean assina parceria para venda de drones aquáticos

A Azorean anunciou uma parceria para a venda de drones aquáticos. A participada da YDreams vai trabalhar nos próximos dois anos com a Amazon Sherpa, “um bem-sucedido revendedor da Amazon especializado em gadgets, refere o comunicado enviado às redacções. “A Amazon Sherpa combina abordagens analíticas às vendas e marketing com uma comunicação emocional aos potenciais clientes. Vai ser um actor decisivo no nosso esforço para atingir as metas de vendas”, refere Edmundo Nobre, presidente executivo da Azorean, citado no mesmo documento.

NOS ESTADOS UNIDOS

Amazon garante licença de despachante marítimo

A Amazon garantiu junto da Comissão Marítima Federal dos Estados Unidos da América uma licença para operar como despachante marítimo, através da sociedade chinesa, Beijing Century JOYO Courier Service, que opera sob a marca Amazon China. Peter King, da Comissão norte americana, em declarações à Reuters, revelou que esta licença permite à empresa “assumir responsabilidades de transportadora” por via marítima e de transitário, embora não permita assumir o papel de armador.

Pirataria a descer na Ásia e a subir no Golfo da Guiné

No mais recente relatório da Dryad Maritime, consultora britânica na área das informações marítimas, é revelado que os números sobre a pirataria no Sudeste da Ásia desceram no primeiro trimestre de 2016 aos mais baixes índices numa década enquanto no Golfo da Guiné os mesmo números não param de aumentar.

KPMG - Guia de Impostos nos países africanos

O estudo da KPMG “2016 Africa Indirect Tax Country Guide” faz uma análise dos impostos indiretos ou sobre o consumo num conjunto de 23 países africanos, entre os quais Moçambique, Guiné-Equatorial, Senegal e Tunísia. As economias de crescimento mais rápido do mundo estão em África. As relações com este continente tornam-se um imperativo estratégico de crescimento para a maioria das empresas globais.

AICEP XANGAI

2ª Edição do «Maritime Silk Road Port International Cooperation Forum»

A segunda edição do Maritime Silk Road Port International Cooperation Forum decorre no dia 11 de julho, em Ningbo. Este evento, parte do China Maritime Forum 2016, tenciona promover a comunicação e a cooperação entre as autoridades portuárias e as empresas relacionadas com o sector portuário, centrado na promoção do One Belt and One Road, o projecto chinês para a Rota da Seda do Século XXI que incluir rota marítima.

A China pioneira no Panamá

Foi por sorteio que ficou definido o nome do navio que irá inaugurar a ampliação do Canal do Panamá, a 26 de Junho: é chinês, chama-se Andronikos e trata-se de um porta-contentores com 48,25 metros e capacidade máxima de 9.400 toneladas, operando para a empresa Cosco. Irá fazer o percurso por entre uma estrutura com 4,7 milhões de metros cúbicos de cimento e 321 mil toneladas de aço, aplicados numa das mais importantes obras de engenharia e construção do século XXI.

Contentores inteligentes

Os contentores inteligentes estão cada vez mais na ordem do dia e vários são os fatores que levam a isso. Um contentor diz-se inteligente quando tem associado um dispositivo eletrónico que remotamente consegue informar os seus gestores do seu estado de funcionamento/operação.

Plano para criar Canal da Nicarágua perde apoio

Após 16 meses, a empreitada está envolta em mistério e gera protestos populares que criticam a falta de transparência do projecto. O presidente Daniel Ortega não fala publicamente sobre ele há meses e não há nenhum sinal visível de progresso.

Dia 26 de Julho marcará a inauguração do reestruturado Canal do Panamá

O dia 26 de Julho de 2016 marcará, definitivamente, a inauguração do novo Canal do Panamá, que a partir dessa data voltará a estar em funcionamento após as obras de expansão da infra-estrutura. Quem o confirmou foi Jorge Quijano, Administrador da Autoridade do Canal do Panamá, que, apesar da revelação, não deixou de demonstrar cautela, devido ao trabalho intenso que ainda falta realizar para finalizar a empreitada.

ZUMWALT, o navio que parece virado de cabeça para baixo

Dos Estados Unidos surge um navio que parece estar virado de cabeça para baixo. Mas é o último grito em tecnologia anti-radar aplicada à marinha de guerra. As formas do USS Zumwalt são aquelas para que seja "invisível" aos radares inimigos. Trata-se do maior destroyer da marinha americana e, com um preço de quatro mil milhões de euros, o mais caro.

Maersk testa drones no abastecimento de navios

A Maersk está a estudar o uso de drones, numa tentativa de cortar os custos no abastecimento de bens aos seus navios. Em estudos preliminares, a Maersk fala em poupanças na ordem dos 9 mil dólares/navio, levando bens até ao navio tais como correspondências, remédios e peças de reposição.

COM EMISSÕES DE LUZ DAS LULAS

Start-up francesa usa bactérias para iluminar montras e ruas sem gastar eletricidade

Uma start-up francesa desenvolveu um sistema de iluminação que usa bactérias geneticamente modificadas para que estas se tornem “luminosas”. Batizada de Glowee, esta start-up francesa desenvolveu um método de iluminação inovador que não gasta eletricidade e que pode ser usada para iluminar montras de lojas, fachadas de edifícios, monumentos e outros espaços públicos.
A empresa utiliza um processo de bioluminescência, ou seja, aproveita a emissão de luz de um determinado ser vivo, neste caso da lula, que é provocado por uma reação química com um certo gene.

Comércio de Portugal com a lusofonia desceu 22% para 5,5 mil milhões

As trocas comerciais entre Portugal e os países lusófonos aproximaram-se dos 5,5 mil milhões de euros no ano passado, caindo 22% face aos quase 7 mil milhões de 2014, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística. De acordo com os dados compilados pela Lusa, as trocas comerciais entre Portugal e Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Equatorial, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste, totalizaram 6,99 mil milhões de euros em 2014, tendo descido para 5,43 mil milhões no ano passado.

Irão e Alemanha equacionam criação de companhia de transporte marítimo de contentores

De acordo com a imprensa internacional, o Irão e a Alemanha equacionam a possibilidade de estabelecer uma cooperação ao nível marítimo através da implementação de uma nova companhia de transporte marítimo de contentores. Durante uma recente visita a Hamburgo, Mohammad Saiedi, Director administrativo da Islamic Republic of Iran Shipping Line, assinou um Memorando de Entendimento com os proprietários da empresa de transporte da Alemanha PWL Group, sendo expectável que a génese da nova companhia ocorra em Março.

Mercado de contentores: perdas colectivas podem atingir os 5 mil milhões de dólares em 2016

O mercado de contentores continua a dar sinais negativos, numa tendência de queda que parece ter vindo para reinar, pelo menos pelos próximos dois ou três anos, à medida que a capacidade da frota global ultrapassa os índices projectados da procura. O comércio entre a Ásia e a Europa tem sido fortemente atingido, tendo-se assistido até ao encolhimento do mercado de contentores, facto histórico (quase) sem precedentes.

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)

Constituição da APLOP - João Carvalho (IPTM) e José Luís Cacho (APP)