Início > Notícias

Macau vai construir Complexo de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa

Doze empresas apresentaram propostas ao concurso público relativo à empreitada de concepção e construção do Complexo de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, informou a Direcção dos Serviços de Solos, Obras Públicas e Transporte.

O futuro Complexo de Serviços ficará localizado na zona central de península de Macau numa área de implantação de cerca de 14 200m2, sendo que a obra de construção poderá vir a iniciar-se no terceiro trimestre de 2017 e ter um prazo máximo de execução de 20 meses.

Estratégia «Uma Faixa, Uma Rota» encaminha África rumo à China

A tendência de isolacionismo na cooperação externa evidenciada pela nova administração dos Estados Unidos, em particular com África, leva alguns analistas a prever que a estratégia chinesa “Uma Faixa, Uma Rota” venha a assumir um impacto ainda maior naquele continente.

Depois de nos primeiros contactos com o Departamento de Estado a equipa do Presidente Donald Trump ter revelado cepticismo quanto à eficácia na competição com a China de programas de cooperação com o continente africano, em particular do African Growth Opportunity Act (AGOA), vários apelos públicos têm sido feitos a favor da manutenção do programa, que inclui todos os países africanos de língua portuguesa.

Relatório da UNCTAD revela abrandamento do comércio mundial

O relatório da UNCTAD de 2016 é bem revelador das alterações que comércio marítimo está a atravessar, mostrando a sua queda global em valor, pela primeira vez, em 2015, num momento de crescimento e expansão da economia mundial.

PORTUGAL

Saldo comercial com países lusófonos caiu 40% em 2016

De acordo com os dados do 'Comércio Internacional', divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o total das trocas comerciais entre Portugal e os países lusófonos (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Equatorial, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste) caiu de 1.139 milhões de euros em 2015 para 686,1 milhões em 2016, o que represente um abrandamento do saldo comercial favorável a Portugal em 39,76%.

Espumante do mar: Miolo é a primeira vinícola brasileira a realizar imersão de garrafas em cave submarina

Espumantes submersos chegam a apresentar 10 vezes mais compostos moleculares do que os envelhecidos pelo método tradicional. Sabor mais rico e floral e notas apuradas de manteiga e castanha também foram observados
Para celebrar o sucesso de vendas do espumante Miolo Cuvée Tradition Brut em terras francesas, o Grupo Miolo aposta em sistema único de envelhecimento e estabilização do produto: a imersão de garrafas em caves submarinas.

Por mar e terra, 26 dias na Nova Rota da Seda

A rota comercial mar-terra entre a China e a Europa, através do porto grego de Pireu, entrou oficialmente em funcionamento após a chegada dos primeiros comboios com produtos chineses à Hungria.

Recorde de tonelagem no Canal do Panamá em Janeiro

Em Janeiro deste ano o Canal do Panamá registou um novo recorde mensal de tonelagem de 36,1 milhões de Panama Canal tons (PC/UMS), equivalentes a 21,8 milhões de toneladas, resultantes do trânsito de 1.260 navios pelas novas e antigas eclusas.

Este «drone» português pode salvar vidas em alto mar

Investigadores portugueses criaram um protótipo com robôs capazes de se articularem para vigiar o mar, localizar e prestar um primeiro auxílio a migrantes em apuros, com o qual concorrem a um concurso internacional no Dubai.

Sul-coreanos testam contentores dobráveis que diminuem drasticamente os custos

Na Coreia do Sul, o Ministério da Terra, Infra-estruturas e Transportes adiantou que o País desenvolveu com sucesso um novo tipo de contentor que pode revolucionar a indústria. O contentor em questão é dobrável e promete diminuir drasticamente os custos de transporte!

Procurando enfrentar problemas como o reposicionamento dos contentores e as viagens em vazio, a Coreia do Sul pode estar assim prestes a introduzir um elemento na cadeia que, a ter sucesso, promete fazer frente às estimativas que apontam para que, no total da movimentação contentorizada mundial, cerca de 25% dos contentores viajam vazios - problemática que, estima-se, acarreta custos adicionais de 6,7 mil milhões de euros/ano.

MOL e MSC juntam-se em novo serviço na Rota do Panamá e Amazónia

A Japonesa MOL, Mitsui O.S.K. Lines, e a Ítalo-Suíça MSC, Mediterranean Shipping Company, formaram uma nova parceria tendo em vista operarem em conjunto a Rota que serve o Panamá e a Amazónia.

Marrocos tem 563 milhões de euros para investir nos Portos nos próximos cinco anos

A Agência Nacional dos Portos de Marrocos tem 563 milhões de euros preparados para investir nos seus Portos durante os próximos cinco anos - mais interessante ainda é perceber que o país se prepara para investir já, com mais de metade desse valor a ser aplicado em 2017.

EMSA publica relatório 2016 sobre acidentes marítimos

A EMSA, Agência Europeia de Segurança marítima, já publicou seu relatório de 2016 sobre acidentes marítimos, englobando dados entre 2011 e 2015. No relatório sobre a acidentes marítimos agora publicado pela EMSA, reportando-se a dados entre 2011 e 2015, alguns números destacam-se desde logo, como seja não apenas o crescente número de acidentes verificados ao longo dos anos para quase todos os tipos de navios, bem como o facto de as principais causas apontadas para os mesmos se deverem essencialmente a erro humano.

China quer organizar cimeira com líderes dos países da Nova Rota da Seda

A China quer organizar uma cimeira com os líderes dos países que integram a iniciativa chinesa Nova Rota da Seda, em 2017, anunciou o ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi.

«SERÁ O CANAL DO PANAMÁ DO SÉC. XXI», REFERE MORALES:

Paraguai e Bolívia dão novo passo na ligação Atlântico-Pacífico

Os presidentes do Paraguai, Horacio Cartes, e da Bolívia, Evo Morales, assinaram um memorando de entendimento para realizar estudos que possibilitem a ligação ferroviária entre os dois países, através da cidade boliviana de Roboré e da paraguaia de Carmelo Peralta. A ligação insere o Paraguai na rota ferroviária rumo ao Oceano Pacífico através do Peru, e a Bolívia na rota do Atlântico pela hidrovia Paraguai-Paraná.

PALOP em 2017...

O ano de 2017 vai produzir alterações significativas em grande parte dos países de língua oficial portuguesa. O primeiro dia do ano marcou a posse do novo Secretário-Geral da ONU, António Guterres, da Secretária Executiva da CPLP, Maria do Carmo Trovoada Silveira, e dos prefeitos das cidades brasileiras associadas da UCCLA - Belém, Belo Horizonte, Natal, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Salvador.

Mais custos em 2017

O último relatório anual de custos operacionais e previsões 2016/17 publicado pela consultoria global de navegação Drewry, apontou que 2016 foi um ano difícil para a maioria dos armadores e operadores. A avaliação da Drewry em 44 tipos e tamanhos de navios mostra que os armadores reduziram os custos em 2016 pelo segundo ano consecutivo. A redução média dos custos operacionais totais dos navios entre as categorias de navios abrangidos foi de 4,4%. Isso após uma queda de 1,5% em 2015. Taxas de frete fracas, declínio dos valores dos ativos, erosão da lucratividade e baixos saldos de caixa forçaram os armadores a reduzir os custos sempre que possível, inclusive as despesas operacionais dos navios.
Porém esse cenário começa a mudar a partir de 2017.

MERCADOS

Xangai

Xangai é uma das maiores cidades do mundo e a mais populosa da China, sendo actualmente um dos principais centros financeiros mundiais. Cidade em constante transformação, Xangai assiste também ao desenvolvimento de uma zona de livre comércio (FZT), ou zona franca, no âmbito de uma estratégia nacional que visa tornar esta região num centro de inovação com influência global, auxiliando na reestruturação da economia chinesa.

2016: o ano em que o mar se aglutinou

O ano de 2016 foi de dança de cadeiras no mundo da navegação, especialmente em contentores. Com a compra da Hamburg-Süd pela Møller Maersk, a frota mundial de containers concentrada nas mãos de armadores que optaram pela consolidação chegou a 33%, segundo relatório do analista William Bennet, da Vessel Value.

Tráfego de contentores entre Ásia e África Ocidental em queda

O tráfego de contentores entre a Ásia e a África Ocidental caiu 19% no terceiro trimestre deste ano e 11% se considerarmos o período de Janeiro a Setembro, inclusive, face a iguais períodos do ano anterior, refere a consultora Drewry, citada pelo World Maritime News. E as perspectivas para os resultados anuais não são muito diferentes deste panorama. Geralmente considerado um dos melhores períodos do ano nesta matéria, o terceiro trimestre registou mesmo a maior queda desde 2012 e foi o sétimo trimestre consecutivo com uma tendência negativa, revele a Drewry. No final do ano, é esperada uma queda superior a 10%, valor que se verificou no final de 2015.

Pirataria marítima mundial caiu para mínimo de há 20 anos

Os ataques de pirataria no mar em todo o mundo caíram para o nível mais baixo em 20 anos no terceiro trimestre, indica o Departamento Marítimo Internacional (IMB). No seu mais recente relatório, o organismo identifica 42 atos de pirataria em alto mar entre julho e setembro. “Com apenas 42 ataques em todo o mundo este trimestre, a pirataria marítima está no seu mais baixo nível desde 1996”, realça o IMB.

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012

Congresso Intercalar da APLOP - Rio de Janeiro - Março de 2012