Início > Angola

Angola vai acolher conferência internacional sobre segurança marítima e energética

Angola vai acolher no segundo semestre deste ano uma conferência internacional sobre segurança marítima e energética, anunciou o ministro angolano das Relações Exteriores. Georges Chikoti discursava num encontro de trabalho em Luanda com o seu homólogo brasileiro, Mauro Vieira, que realizou uma visita de três dias a Angola.

Angola pretende aderir à Zona de Comércio Livre da SADC em 2017

Angola pretende aderir à Zona de Comércio Livre da Comunidade da África Austral (SADC) em 2017, disse a ministra do Comércio, Rosa Pacavira, em Harare, por oacsião da Cimeira Extraordinária da SADC, que tem lugar nesta quarta-feira, sob o lema "Uma estratégia regional para os caminhos da industrialização".

ANGOLA

Caminho de Ferro de Moçâmedes com grandes expectativas para futuras receitas

O administrador para a área técnica da empresa gestora do Caminho de Ferro de Moçâmedes, António Cabral, assumiu ter "grandes expectativas” quanto ao transporte de minério de ferro e de ouro da Jamba, para que a empresa possa aumentar a sua receita. O administrador disse que a empresa pretende adquirir mais carruagens a fim de poder transportar maior número de passageiros e que aguarda, com expectativa, pela conclusão do processo de reconstrução da linha de caminho-de-ferro até ao Namibe, antiga Moçâmedes.

ANGOLA

Porto do Lobito recupera posição estratégica na região

Com o investimento recente em equipamentos portuários modernos, o porto Comercial do Lobito apresenta-se agora como uma das mais importantes empresas portuárias do continente, assim como uma verdadeira plataforma logística para a região central de Angola e países vizinhos (RD Congo e Zâmbia), que precisam exportar a produção mineira por via mais curta, rápida e económica.

ANGOLA

Multinacional instala na Baía de Luanda infraestrutura de amarração para petroleiros

A Pumangol, subsidiária da Puma Energy, anunciou a conclusão da instalação e testes, na baía de Luanda, na capital angolana, de um sistema convencional de bóias de amarração de navios (CBM). O CBM é actualmente um dos maiores sistemas do género no mundo e funcionará como um ponto para a atracagem de petroleiros de pequeno e grande porte, para descarga e carregamento de produtos petrolíferos.

ANGOLA

Navio Sallous já está a ser removido da Baía de Cabinda

Até Junho deste ano estarão concluídos os trabalhos de remoção do navio Sallous Panamá, que naufragou na Baía de Cabinda a 15.05.2014. No mar de Cabinda já se encontram os primeiros materiais da empresa contratada pela seguradora do armador do navio.
Em conferência de Imprensa, o Presidente do Conselho de Administração do Porto de Cabinda confirmou a presença, na Baía de Cabinda, da empresa alemã Colle.
 

ANGOLA

Caminho de Ferro de Moçâmedes com «grandes expectativas» para futuras receitas

O administrador para a área técnica da empresa gestora do Caminho de Ferro de Moçâmedes, António Cabral, assumiu ter "grandes expectativas” quanto ao transporte de minério de ferro e de ouro da Jamba, para que a empresa possa aumentar a sua receita.

ANGOLA

Namibe recebe primeiro navio de cruzeiro

A cidade do Namibe, no sul de Angola, foi recentemente escalada pela primeira vez por um navio de cruzeiro, com 53 turistas, juntando-se assim a um movimento turístico semelhante nos portos de Luanda e do Lobito.

LIGAÇÃO FERROVIÁRIA ENTRE ANGOLA E ZÂMBIA

Estudo custa 4,9 milhões de dólares

O Fundo Africano de Desenvolvimento vai financiar em 4,9 milhões de dólares o estudo para a actualização do plano de transportes de Angola, nomeadamente a ligação da rede ferroviária nacional com a da Zâmbia, de acordo com um despacho presidencial. O despacho aprova o acordo de financiamento do estudo para a actualização do Plano Director para o Sector dos Transportes, celebrado entre a República de Angola e o FAD.

Congo enaltece desempenho do Executivo angolano no Corredor do Lobito

O Chefe de Estado da República do Congo, Denis Sassou Nguesso, enalteceu o trabalho desenvolvido pelo Executivo angolano, em prol do desenvolvimento do Corredor do Lobito. Segundo o governante, que no Lobito constatou vários empreendimentos ligados ao Corredor de Desenvolvimento, neste momento os governos de Angola e do Congo podem cooperar.

Contexto macroeconómico exige reprogramação de investimentos, diz ministro angolano dos Transportes

O ministro angolano dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, afirmou, em Luanda, que o actual contexto macroeconómico que o país vive exige uma reprogramação estratégica dos investimentos, no sentido de reorientar e concentrar as preocupações da acção governativa. O governante falava na abertura do Conselho Consultivo Alargado do Ministério dos Transportes que decorre sob o lema "A gestão das empresas públicas num quadro macroeconómico e orçamental restritivo".

ANGOLA

Porto de Luanda movimentou mais de 13 milhões de toneladas em 2014

No ano passado, o Porto de Luanda processou mais de 13 milhões de toneladas de carga diversa, um acréscimo anual de 15,9%, de acordo com um relatório das actividades desenvolvidas pela sociedade gestora do porto. O documento informa que o movimento de cargas não contentorizadas nos diferentes terminais do porto ascendeu a mais de 3,8 milhões de toneladas, um crescimento homólogo de 34%.

Angola e Zâmbia assinam acordos de cooperação nos transportes ferroviário e fluvial

As Repúblicas de Angola e da Zâmbia rubricaram, em Luanda, acordos nos domínios dos transportes ferroviário e fluvial transfronteiriços, visando regulamentar a circulação de pessoas e mercadorias na fronteira comum. Os acordos foram rubricados pelos ministros dos Transportes de Angola, Augusto da Silva Tomás, e dos Negócios Estrangeiros da Zâmbia, Harry Kalawao, no quadro da visita do estadista zâmbiano, Edgar Chagwa Lungu, a Angola.

Angola gastou mais de 3 mil milhões para reabilitar rede ferroviária

A reabilitação das três linhas nacionais edificadas durante o período colonial - além do CFB também o Caminho de Ferro de Luanda e o Caminho de Ferro de Moçâmedes -, envolveu um investimento público de 3,5 mil milhões de dólares (três mil milhões de euros) em 2.612 quilómetros de rede e na construção de raiz de 151 estações ferroviárias.e ferroviária angolana, destruída pela guerra civil, custou, entre 2005 e 2015, mais de três mil milhões de euros, disse o ministro dos Transportes de Angola, Augusto da Silva Tomás.
 

 

Angola avança com sistema nacional de vigilância marítima e reforço de meios

Angola vai implementar um sistema nacional de vigilância marítima, que prevê um reforço técnico e humano da Marinha de Guerra, anunciou o Executivo governamental. A informação consta do comunicado final da reunião conjunta das comissões Económica e para a Economia Real do Conselho de Ministros, realizada esta quinta-feira sob orientação do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, em Luanda.

ANGOLA

Novo terminal marítimo da Sonangol pronto em 2015

O novo terminal marítimo da barra do Dande, obra com um custo estimado em mil milhões de dólares, fica concluído este ano, anunciou quarta-feira em Luanda o presidente da Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol).

Cabo submarino entre Angola e o Brasil em funcionamento em 2016

O cabo submarino em fibra óptica entre Angola e o Brasil deverá entrar em funcionamento entre o final de 2015 e o começo de 2016, afirmou o presidente do conselho executivo da Angola Cables. António Nunes disse que o cabo submarino, que tem um custo estimado em 160 milhões de dólares, é o primeiro sistema de fibra óptica transatlântico do Hemisfério Sul, permitindo ligar África à América do Sul, de acordo com o Jornal de Angola.

Angola e Rússia assinam acordos de cooperação na área das pescas e formação de quadros

Dois acordos no domínio das pescas e da formação de quadros entre Angola e a Rússia foram assinados, quarta-feira, em Moscovo, no quadro do reforço da parceria estratégica existente. Foram signatários dos memorandos, os ministros angolano da Geologia e Minas, Francisco Queiroz, e o russo dos Recursos Naturais e Ecologia, Serguei Donskoy.

ANGOLA

Caminho-de-ferro de Benguela volta a ligar litoral e interior

O comboio inaugural dos Caminhos-de-Ferro de Benguela (CFB), ligando o litoral à fronteira com a República Democrática do Congo, já chega ao Luau. A viagem inaugural partiu da cidade do Lobito, tendo demorado cerca de 30 horas para percorrer 1344 quilómetros até chegar ao Luau, vila junto à fronteira com o país vizinho.

ANGOLA

Inaugurado Gabinete Técnico do Corredor do Lobito

Já foi inaugurado o Gabinete Técnico do Corredor do Lobito, que tem por missão apoiar os transportes ferroviários, marítimo, aéreo e terrestre de Angola. A inauguração esteve a cargo do ministro dos Transportes, Augusto Silva Tomás. Na ocasião, o governante referiu que a região de Catanga, na República Democrática do Congo, está a produzir mais de um milhão de toneladas de cobre por ano, minério que será transportado pelos comboios dos Caminhos-de-Ferro de Benguela e depois embarcados no porto do Lobito.

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família