Início > Angola

Angola investe mais de 1.200 milhões em projectos de ligações marítimas

Angola vai investir mais de 1.200 milhões de euros em três projectos de construção e reabilitação de infraestruturas portuárias nas províncias de Cabinda e Zaire, para garantir mobilidade marítima de pessoas e bens.

NAMIBE, ANGOLA

Empresários das pescas em risco de paralisação

Ao falar num encontro de auscultação promovido pela Unidade Técnica para o Investimento Privado (UTIP), empresários defenderam a instalação de fábricas de arte de pesca no país, como forma de colmatar as lacunas existentes neste domínio.
O presidente da Associação Provincial de Pescas, Mário Faria, lembrou também que o Estado já punha à disposição do sector um valor anual de três milhões de dólares (500,1 milhões de kwanzas) para a compra de materiais como redes, motores e outros equipamentos, mas que, com a crise financeira que o país atravessa, este investimento deixou de ser feito.

ONU financia projecto de pesca em Angola

Um projecto de apoio à pesca continental e aquicultura comunal em Angola, que vai beneficiar cerca de 15 mil pessoas, foi lançado em Luanda, com o objetivo de reduzir a pobreza no meio rural. O projecto, no valor de 12,1 milhões de dólares e financiado com 11,1 milhões de dólares pelo Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA) das Nações Unidas, com a contribuição de um milhão de dólares do Governo angolano, vai beneficiar as províncias de Luanda, Bengo, Malange e Cuanza Norte.

Filomeno Silva lidera SARMAR ANGOLA

No âmbito das competências e atribuições do Sistema Nacional da Autoridade Marítima Angolana, foi criado através do Decreto Presidencial Nº 89/16, de 21 de abril, o Serviço Nacional de Busca e Salvamento no Mar “SARMAR ANGOLA”. A Filomeno Silva, detentor de vasto curriculum na área marítimo-portuária, cabe liderar o novo serviço.

LUANDA, ANGOLA

Feira FILDA 2016

A AEP - Associação Empresarial de Portugal, propõe-se a organizar com o apoio institucional da aicep Portugal Global o Pavilhão Nacional na “Feira FILDA 2016”, a realizar-se entre 19 e 24 de julho em Luanda. Esta ação destina-se a todas as empresas portuguesas produtoras e comercializadoras de bens e serviços nacionais.

ANGOLA

Lunda Norte: Falta de material condiciona pesca no Cuango

A falta de material de pesca condiciona actividade piscatória no município do Cuango província da Lunda Norte, soube a ANGOP junto do chefe de secção de pescas, Alfredo da Filomena Massola. O responsável garantiu que os pescadores possuem lanchas e anzóis sem a qualidade desejada para a prática da actividade, o que dificulta grandemente o seu trabalho.

ANGOLA

Feira FILDA 2016

A AEP - Associação Empresarial de Portugal, propõe-se a organizar com o apoio institucional da aicep Portugal Global o Pavilhão Nacional na “Feira FILDA 2016”, a realizar-se entre 19 e 24 de julho em Luanda. Esta ação destina-se a todas as empresas portuguesas produtoras e comercializadoras de bens e serviços nacionais.
A FILDA é uma feira multissetorial com periocidade anual, que constitui o maior evento comercial de dimensão internacional em Angola.

ANGOLA

Excedentes na produção de peixe e sal

Os investimentos em curso em unidades da Benguela e Namibe podem resultar em excedentes e na exportação de sal e peixe, afirmou a directora do Gabinete de Estudos e Planeamento do Ministério das Pescas.
Isabel Cristóvão fez essas declarações depois de uma reunião da Comissão Técnica de Apoio ao Investimento Privado com os operadores do sector na província do Namibe, realizada no âmbito do estudo das estratégias para a saída da crise.

ANGOLA

Aquicultura é actividade prioritária - afirma ministra

A aquicultura é uma actividade prioritária e com futuro, porque vai permitir aumentar significativamente a produção do pescado a nível do país, afirmou, em Luanda, a ministra das Pescas, Victória de Barros Neto.
Victória de Barros Neto, que intervinha no acto de apresentação do secretário de Estado das Pescas e do director geral e adjuntos do Serviço Nacional de Fiscalização Pesqueira e Aquicultura, respectivamente, Carlos Filomeno Martins dos Santos, Domingos Azevedo, admitiu que a produção não será apenas para o consumo interno, mas também para a exportação.

ANGOLA

Ministra das Pescas quer empenho dos funcionários no controlo dos mares

A Ministra das Pescas, Victória de Barro Neto, exigiu, em Luanda, aos funcionários do Serviço Nacional de Fiscalização, Pesquisa e Aquicultura (SNFPA) maior rigor, controlo e eficácia das actividades pesqueiras nos mares, rios e lagoas do país.

ANGOLA

CFB espera 100 novas locomotivas até ao final do ano

Cem novas locomotivas vão entrar em funcionamento ainda, este ano, na linha dos Caminhos de Ferro de Benguela (CFB), informou, na cidade do Cuito, Bié, o Presidente do Conselho de Administração (PCA) da empresa, José Carlos Gomes. Em declarações à Angop, no quadro de uma visita de campo de apenas um dia, realizada a 29 de Março, à cidade do Cuito (Bié), José Carlos Gomes disse que a aquisição das máquinas visa reforçar a circulação do comboio no percurso Lobito/Luau, com 1.344 quilómetros.

NAMIBE, ANGOLA

Ministério das pescas ausculta empresários locais

Uma delegação chefiada pela directora do Gabinete de Estudos e Planeamento do Ministério das Pescas, Isabel Cristóvão, esteve, nesta cidade, para um encontro de auscultação com os empresários locais, no âmbito do estudo sobre o aumento da produção e exportações dos produtos pesqueiros.

ANGOLA | COM ÁUDIO

Porto de Luanda movimenta cerca de 70 contentores por hora

O Ministro do Comércio, Fiel Constantino, anunciou em Luanda que está a caminho do país grandes quantidades de produtos alimentares. A Direcção do Porto de Luanda disse por sua vez que vai priorizar a descarga desses produtos e que diariamente a unidade movimenta cerca de 70 contentores por hora.

Angola financia-se no Japão para projecto de cabo submarino

O Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) contraiu um empréstimo de 109,79 milhões de dólares junto de dois bancos do Japão para a compra de cabos ópticos submarinos, informou a instituição em comunicado divulgado em Luanda.

ANGOLA

Zonas costeiras contribuem para diversificação económica

A ministra das Pescas, Victória de Barros Neto, afirmou em Luanda que as zonas costeiras podem contribuir para a diversificação da economia do país, por serem ricas em quase todas as espécies marinhas.
Segundo a governante, que falava na cerimónia de inauguração do centro regional de fiscalização pesqueira e da aquicultura, o mar angolano, por ser rico, é vulnerável a acção do homem, daí ter apelado para um combate cerrado à pesca ilegal, praticada por muitos cidadãos.
 

ANGOLA

Pesca ilegal ameaça recursos

A utilização nas zonas costeiras de sistemas de pesca “Banda-Banda” e “Rapa” ameaçam a preservação e gestão dos recursos pesqueiros do país, denunciou em Luanda a ministra das Pescas.

ANGOLA

Fragata portuguesa atraca em Luanda

A fragata Vasco da Gama da Marinha portuguesa esteve atracada no Porto de Luanda, no cumprimento de uma missão de cooperação técnico-militar entre os dois países. O navio acabara de participar no exercício Obangame Express 2016, que reforçou a segurança marítima no Golfo da Guiné com acções de combate à pesca ilegal, à pirataria e ao tráfico de drogas e de seres humanos.

ANGOLA

Sector das pescas exporta mais de três mil toneladas de crustáceos

A ministra das Pescas, Victória de Barros Neto, que falava no final da 6ª sessão conjunta das comissões Económica e para a Economia Real do Conselho de Ministros, disse que a diversificação de mercados visa reduzir a dependência de um comprador exclusivo. Na base da diversificação dos países compradores de gambas e camarão de Angola, está a busca da valorização desses crustáceos e o aumento da contribuição para o Estado, por via da tributação.

Angola regulamenta lei da marinha mercante e portos

O governo de Angola aprovou um conjunto de diplomas legais que visam regulamentar a Lei da marinha mercante, portos e actividades conexas, adiantou em Luanda o ministro dos Transportes, Augusto Tomás. Concretamente, foram aprovados os regulamentos do Sistema Nacional Integrado de Controlo do Tráfego Marítimo, de Pilotagem nos Portos Nacionais, do Sistema de Busca e Salvamento no Mar, do Pessoal do Mar, bem como o regulamento sobre a Lotação de Segurança de Navios e Embarcações.

ANGOLA

Ministra das Pescas inaugura fábrica de captura e transformação de pescado

Uma fábrica de captura e transformação e congelação de pescado, com capacidade de produção de 90 toneladas de pescado e 500 de armazenamento, foi inaugurada no município do Tômbwa, província do Namibe, pela ministra das Pescas, Vitória de Barros Neto.

 Vídeo

PLAYLIST DE VÍDEOS LOBITO 2013

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família