Início > Ambiente

FAO alerta para sobreexploração de 30% dos stocks mundiais de peixe

Cerca de 12% da população do planeta depende das pescas para sobreviver mas, neste momento, 30% dos stocks mundiais de peixe já estão sobreexplorados e 57% estão perto da sua capacidade máxima, revela a organização da ONU para a Alimentação e Agricultura (FAO).
“Numerosos stocks haliêuticos marinhos, controlados pela FAO, continuam sujeitos a fortes pressões”, releva o relatório A situação mundial das pescas e da aquacultura, 2012, divulgado em Roma, sede daquela organização, durante a 30ª sessão do Comité de Pescas.

O homem que faz nascer rios

Rajendra Singh conseguiu, através do uso de técnicas ancestrais de aproveitamento da chuva, dar vida a cursos de água secos há mais de 60 anos. Por sua causa, hoje, em todo o Rajastão, um dos mais pobres e áridos Estados indianos, existem mais de 10 mil johads, construções que retêm as chuvas das monções, erguidas pelas comunidades rurais, em centenas de aldeias. Através da sua política de conservação e gestão da água e das florestas, onde antes havia zonas desérticas, agora há campos agrícolas; onde havia leitos secos, de pó e pedra, há hoje correntes fortes e peixes; onde havia aldeias sem gente, voltou a haver escolas e serviços de saúde.

BRASIL

Biocombustível à base de algas arranca em 2013

A primeira "quinta de algas" destinada à produção de biocombustível será instalada em 2013 no Estado de Pernambuco, no nordeste brasileiro, junto a uma plantação de cana de açúcar usada na produção de etanol.
O processo de produção da nova fábrica necessita de dióxido de carbono, que será encaminhado a partir das chaminés da fábrica de etanol. A produção anunciada é a de 1,2 milhões de litros de biocombustível à base das algas e 2,2 milhões de litros de etanol.

Coreia do Sul admite abandonar ideia de retomar caça à baleia

Uma semana depois de a Coreia do Sul ter anunciado a intenção de começar a caçar baleias para fins científicos, Seul diz-se disposta a abandonar a ideia se os cientistas encontrarem uma forma de estudar os cetáceos na natureza, sem os matar.
“Poderemos não caçar baleias para as nossas pesquisas científicas se existir um outro método para atingir o nosso fim”, disse aos jornalistas Kang Joon-Suk, alto-responsável do Ministério da Alimentação, Agricultura, Floresta e das Pescas.

Greenpeace bloqueia entradas da sede da Shell em Haia para defender o Árctico

Activistas da Greenpeace, 70 segundo a organização e 30 segundo a polícia, bloquearam sexta-feira o acesso ao edifício sede da Shell em Haia, Holanda, para denunciar um projecto de exploração do Árctico. Nove militantes escalaram o edifício e desmontaram o logótipo do gigante petrolífero na fachada do prédio, substituindo-o por outro, o de um urso polar.

Pinguins da Patagónia perdidos nas praias do Rio de Janeiro

Cerca de 40 pinguins, pelo menos, foram vistos e resgatados nas praias do Rio de Janeiro. As aves marinhas da Patagónia, no Sul do continente, normalmente viajam até ao Sul do Brasil, mas estas acabaram por nadar até à orla costeira da “cidade maravilhosa”.
Os pinguins da espécie Spheniscus magellanicus, conhecidos como pinguim-Magalhães deram à costa nestes últimos dias e foram resgatados pelos bombeiros no Rio de Janeiro.

Subida do nível do mar não pode ser parada nos próximos séculos

Mesmo que se façam reduções na emissão de gases de estufa para diminuir a temperatura do planeta, o nível das águas do mar vai continuar a subir e 10% da população mundial será afectada. Um grupo de cientistas dos Estados Unidos e da Austrália argumenta que o aumento do nível das águas do mar já não pode ser parado, pelo menos nas próximas centenas de anos.

EMERALD ACE

Japão cria o primeiro navio híbrido do mundo

Buscando reconquistar o mercado de transportes marítimos, atualmente dominado pelas vizinhas Coreia do Sul e China, o Japão anunciou o lançamento do Emerald Ace, o primeiro navio híbrido do mundo. Utilizando energia elétrica e solar, ele tem “consciência ambiental” e não produz emissão de carbono enquanto está atracado.

Declaração ibero-americana sobre manejo costeiro integrada na Conferência Rio+20

Membros do Grupo Brasil da Rede Ibero-Americana de Manejo Costeiro Integrado –Rede IBERMAR-CYTED – divulgaram, na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável que decorreu no Rio de Janeiro, Brasil, a Declaração Universitária Cádiz 1812-2012 Manejo Costeiro Integrado (MCI) em Ibero-América.

HÁ MAIS DE 3 MILHÕES DE NAVIOS NO FUNDO DOS OCEANOS

Conheça os mais famosos restos de navios pelo mundo

A ONU estima a existência de mais de três milhões de navios naufragados no fundo dos oceanos. No entanto, também não é incomum encontrar restos de naufrágios em diversas praias desertas e recifes de corais ao redor do planeta. Veja a lista reunida pelo site The World Geography.

BRASIL

Suape na Rio +20

Na Rio+20, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, o Complexo de Suape mostra que desenvolvimento econômico combina com sustentabilidade e apresenta o modelo de gestão integrada e participativa do Programa Suape Sustentável.

Experiência brasileira confirma ameaça do aquecimento global para os corais

O aquecimento global constitui uma grave ameaça para a sobrevivência dos corais, organismos de grande importância para a biodiversidade marinha, como constatou uma experiência inédita de pesquisadores brasileiros.
A pesquisa, realizada em tanques que reproduzem as condições do mar, comprovou que a descoloração e até a morte de corais no mundo nos últimos anos pode ter sido provocada exclusivamente pelo aumento da temperatura dos oceanos.

 

Austrália cria a maior rede mundial de áreas marinhas protegidas

Um terço das águas territoriais australianas serão áreas marinhas protegidas, com restrições à pesca e à exploração petrolífera e de gás natural, anunciou o Governo. Esta será a maior rede de áreas marinhas protegidas do mundo.
O anúncio foi feito pelo ministro do Ambiente australiano, Tony Burke, que revelou os mapas das regiões marinhas a proteger, incluindo o Mar de Coral. No total, serão 3,1 milhões de quilómetros quadrados, ou seja, mais de um terço das águas territoriais australianas.

BRASIL

Fábrica de ondas do Porto do Pecém lançada na Rio +20

A fábrica de ondas do Porto do Pecém, que transforma os movimentos do oceano em energia, será lançada, oficialmente, durante o evento Rio +20, a ser realizado entre os dias 13 e 22 deste mês. Pioneiro na América Latina, o projecto, inicialmente, irá abastecer o próprio Porto. Da autoria do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe) - vinculado à UFRJ - e financiado pela Tractebel, contando, ainda, com o apoio do governo do Estado do Ceará, o empreendimento instala, no Brasil, experiências conhecidas noutros países, como Portugal, Holanda, Japão e Reino Unido.

BRASIL

Complexo Portuário do Itajaí realiza Semana do Meio Ambiente

A Autoridade Portuária de Itajaí, em Santa Catarina, em parceria com a APM Terminals, Portonave e demais terminais que compõem o Complexo Portuário, realizam ampla programação relacionada com a questão ambiental, em comemoração do Dia do Meio Ambiente, esta terça-feira (5/06). As actividades terminam na quarta (6). Com o objectivo de trazer os conceitos de conservação ambiental, prevenção da poluição, eficiência em consumo de recursos naturais e a vertente social para a realidade da actividade portuária.

Ancestral de baleia beluga vivia em águas temperadas

Jorge Velez-Juarbe e Nicholas Pyenson, uma equipa de dois paleontólogos do Instituto Smithsonian (EUA), descobriram uma espécie ancestral da baleia beluga, que vivia em águas temperadas há entre três a quatro milhões de anos. Actualmente, esta espécie habita nas águas frias em torno do círculo polar árctico e, segundo o estudo publicado no «Journal of Vertebrate Paleontology», as belugas e os narvais adaptaram-se a águas frias mais recentemente.

Fotossíntese artificial pode ser o futuro das energias renováveis

Investigadores do Grupo de Dispositivos Fotovoltaicos e Optoelectrónicos da Universidade Jaume I de Castellón, dirigido por Juan Bisquert, desenvolveu, utilizando nanotecnologia, um dispositivo com materiais semicondutores que, em meio aquoso, consegue gerar hidrogénio de forma autónoma, utilizando unicamente a luz solar. Esta tecnologia, que recebe o nome de fotossíntese artificial inspira-se na fotossíntese que ocorre na natureza. A produção de hidrogénio de forma eficiente utilizando materiais semicondutores e luz solar é um desafio crucial para tornar realidade uma mudança do modelo energético que se caracterize pela sustentabilidade, baseando-se em recursos inesgotáveis e com respeito pelo meio ambiente.

ÁGUA

Consumo massivo aumenta nível dos oceanos

O uso massivo dos recursos hídricos do planeta é, paradoxalmente, responsável por boa parte do aumento do nível dos oceanos registado nas últimas décadas, estimam climatólogos num estudo publicado esta semana.
O nível médio das águas do mar aumentou em média 1,8 milímetros por ano durante o período de 1961 a 2003, de acordo com pesquisas efectuadas por especialistas.

CABO VERDE

Exposição no Mindelo assinala dia da Biodiversidade

A Associação Amigos do Calhau, de São Vicente, assinala o Dia da Biodiversidade - 22 de Maio – com uma exposição sob o lema: “Biodiversidade Costeira - Uma Introdução à vida que nos rodeia”, na Capitania Velha, de 22 a 29 de Maio.

Aquecimento global ameaça segunda maior plataforma de gelo da Antártica

Área antes supostamente invulnerável pode ser severamente abalada pelo aquecimento global ainda neste século, apontam cientistas alemães. Derretimento significaria até 4,4 mm por ano a mais de aumento do nível do mar.

 Vídeo

Porto de Lisboa – 6-7 Dezembro 2012

 “INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - Adalmir José de Sousa (4)

 VIII Congresso da APLOP | Maputo, Março 2015 #1

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #8

 IX Congresso da APLOP | Itajaí, Abril 2016 #1

 Estudo de Mercado do Espaço Aplop, Versão 2.0 [1]

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (4)

 VII Congresso da APLOP - Lobito - Cerimónia de abertura (3)

 VII Congresso da APLOP - Lobito – José Luís Cacho

 Futuro Terminal de Cruzeiros do Rio de Janeiro

 Mindelo e São Vicente com muita morabeza

 Operação Urbana Porto Maravilha - Simulação 3D do Sistema Viário

 Operação Urbana Porto Maravilha - Metodologia Construtiva

 VI CONGRESSO DA APLOP - Painel I – Lisender Borges (1)

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Francisco Venâncio

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Jorge Luiz de Mello

 VI CONGRESSO DA APLOP - Cerimónia de Abertura - Marta Mapilele

 Porto de Luanda - 1955

 Constituição da APLOP - 13.05.2011 - Primeiros momentos

 Constituição da APLOP

Constituição da APLOP

Foto de família